Vanderlei Luxemburgo é demitido do comando do Cruzeiro

Técnico e outros três integrantes da equipe foram dispensados por ajustes "orçamentários", diz o clube

Vanderlei Luxemburgo durante a partida entre Cruzeiro e Brusque, válida pela 35º rodada do Campeonato Brasileiro Serie B, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte
Vanderlei Luxemburgo durante a partida entre Cruzeiro e Brusque, válida pela 35º rodada do Campeonato Brasileiro Serie B, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte Foto: GLEDSTON TAVARES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Giovanna Galvanida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O técnico Vanderlei Luxemburgo e outros três integrantes da comissão técnica do Cruzeiro foram demitidos do clube nesta terça-feira (28). Segundo o clube, as mudanças seguiram novas diretrizes orçamentárias seguidas pelo clube.

Nas redes sociais, Luxemburgo publicou um vídeo em que diz receber a notícia “com muita tristeza porque não era uma coisa que eu queria”, afirma. “Mas aceitarei qualquer decisão que for tomada pela nova gestão do Cruzeiro”, diz, antes de agradecer à torcida.

Além de Luxemburgo, saem também o auxiliar Maurício Copertino, o diretor técnico Ricardo Rocha e o preparador Antônio Mello.

“Para adequar as contas à realidade orçamentária do clube, a diretoria foi orientada a não renovar com a atual comissão técnica. A nova equipe será anunciada nos próximos dias. Em paralelo, outros desligamentos no departamento de futebol estão em curso”, diz o informe da Raposa.

No dia 18 de dezembro, foi anunciado que o ex-jogador Ronaldo Fenômeno se tornou o sócio majoritário do time que o revelou. A transação custou R$ 400 milhões de reais em investimentos e fez o astro do time adquirir 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Cruzeiro.

O formato foi aprovado por lei, em agosto deste ano, a fim de permitir que clubes brasileiros podem virar empresas para aumentar sua captação de recursos.

Mais Recentes da CNN