Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Abel Ferreira vê Palmeiras com atitude de campeão após empate em Fortaleza

    Time paulista conseguiu pontuar após ficar atrás do placar duas vezes no Ceará

    Abel Ferreira orienta o Palmeiras no empate contra o Fortaleza
    Abel Ferreira orienta o Palmeiras no empate contra o Fortaleza Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

    Marcel Rizzoda Itatiaia

    Técnico do Palmeiras, Abel Ferreira exaltou seu elenco após conseguir buscar duas vezes o empate contra o Fortaleza neste domingo (26). O 2 a 2 na Arena Castelão, na capital do Ceará, manteve os paulistas na liderança da Série A do Campeonato Brasileiro, com 63 pontos, junto com o Flamengo, mas à frente no saldo de gols.

    Abel falou em atitude de campeão a três rodadas do fim da competição.

    É evidente a atitude campeã dos jogadores. Meu orgulho é a atitude, a forma como fazemos de tudo para depender só de nós. Temos três finais, preciso da ajuda do nosso torcedor agora, com jogos na nossa casa. Está tudo em aberto, e vamos ter campeonato até o fim

    Abel Ferreira, técnico do Palmeiras

    Em casa nos próximos dois jogos

    O Palmeiras terá agora duas partidas no Allianz Parque, em São Paulo: na quarta-feira (29), às 21h30 (de Brasília), o rival será o lanterna América, já rebaixado, e no domingo (3) será a vez de encarar o Fluminense, às 16h (de Brasília).

    Abel brincou que ficou com inveja da torcida do Fortaleza, que ovacionou o time após a derrota na final da Copa Sul-Americana, nos pênaltis, para a LDU de Quito. O Palmeiras também foi derrotado nos pênaltis, na semifinal da Copa Libertadores, para o Boca Jrs. e houve críticas dos torcedores.

    Há dois meses, o treinador era fraco, a diretoria estava errada, e os jogadores estavam velhos. Independentemente do que acontecer no fim, essa equipe tem atitude campeã

    Abel Ferreira, técnico do Palmeiras

    “Todos somos um”

    Sobre buscar o empate duas vezes com um jogador a menos, após a expulsão de Gustavo Gómez, Abel Ferreira disse que é a prova do “todos somos um”, um de seus lemas.

    “Mais do que falar, é ver a atitude da equipe em campo, o que vocês veem, o ‘todos somos um’, a resiliência. Sempre aprendi que a maior forma que temos de influenciar os outros é pelo exemplo. Sei que não sou o melhor exemplo, mas em muitas coisas sou. Não sou perfeito, sou ser humano como todos, e às vezes olhamos para os jogadores como se fossem perfeitos”, disse Abel Ferreira.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original