Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Amanda Nunes vence mexicana e anuncia aposentadoria do UFC como campeã dupla

    Lutadora confirmou o adeus após superar Irene Aldana e manter o cinturão do peso galo

    Amanda Nunes com seus dois cinturões
    Amanda Nunes com seus dois cinturões Jordan Jones/Getty Images

    da Itatiaia

    Na noite deste sábado (10), Amanda Nunes se despediu oficialmente dos octógonos do UFC. A brasileira venceu a mexicana Irene Aldana em luta no peso galo (61kg) pela UFC 289, em Vancouver, no Canadá. A Leoa, como é chamada, dominou a luta do começo ao fim e levou a vitória por decisão unânime.

    Após o anúncio do resultado, a campeã dupla declarou oficialmente que estava se aposentando. Ela deixou os dois cinturões junto das luvas no meio do octógono.

    Campeã dupla para sempre! Hoje, se vocês forem procurar, eu empatei com Anderson Silva em números de defesas de cinturão. Então, hoje é a noite perfeita para me aposentar e viver feliz para sempre

    Amanda Nunes, após sua última luta pelo UFC

    Aldana entrou como adversária de Nunes de última hora. Juliana Peña, rival das duas últimas lutas de Amanda e rival novamente para a luta de defesa do cinturão, teve um problema de lesão e foi retirada do combate.

    Ajustes para a luta final

    Com isso, Amanda Nunes precisou se adaptar para enfrentar uma nova oponente. “O ajuste aconteceu, principalmente na luta de chão. Ela é muito boa com isso (luta de chão) e eu fui atrás de arredondar isso”, contou a atleta.

    A luta toda foi de imposição de força e técnica da Leoa. Irene Aldana ofereceu poucos momentos de perigos para a campeã, que soube controlar bem o primeiro round. No segundo, ainda mais impositiva, Amanda aplicou cruzados bem encaixados, deixando pouco espaço para a mexicana evoluir, chegando a deixar a adversária duas vezes no chão.

    Vitória por decisão unânime

    Na terceira e quarta parciais, Amanda seguiu ditando o ritmo de luta, abusando dos chutes e cotoveladas. No round final, Aldana chegou a aplicar uma joelhada, mas a campeã conseguiu derrubar a adversária, apenas administrando o restante do combate.

    A última luta para Amanda Nunes da carreira no UFC terminou com decisão unânime, placar de 50-44, 50-44 e 50-43 para a brasileira.

    (Com agências)

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original