Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Atlético-MG domina Grêmio, vence e chega ao G4 do Brasileirão

    Galo venceu com tranquilidade na Arena MRV e pode terminar a rodada entre os quatro primeiros

    Hulk marcou o terceiro gol da vitória do Atlético-MG contra o Grêmio na Arena MRV
    Hulk marcou o terceiro gol da vitória do Atlético-MG contra o Grêmio na Arena MRV Pedro Souza/Atlético-MG

    Henrique AndréMatheus Muratorida Itatiaia

    O Atlético-MG teve uma atuação de luxo pelo Campeonato Brasileiro neste domingo (26). O time comandado por Luiz Felipe Scolari foi arrasador e derrotou o Grêmio por 3 a 0, na Arena MRV, em Belo Horizonte.

    Com o triunfo na 35ª rodada do Brasileirão, o Alvinegro chegou aos 60 pontos e tirou o Tricolor do grupo dos quatro melhores colocados. O líder é o Palmeiras, com 62 pontos, com a mesma pontuação do Botafogo, vice-líder.

    Agora, o Atlético-MG é o terceiro colocado. O Flamengo é o quarto, com a mesma pontuação. Já o Grêmio caiu uma posição e está em quinto, com 59. O Red Bull Bragantino, com 59, é o sexto. Fla e Braga podem ultrapassar o Galo, pois ainda jogam neste domingo.

    O Galo voltará a campo na próxima quarta-feira (29). A partir das 21h30 (de Brasília), a missão de Hulk e companhia será desbancar o Flamengo, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 36ª rodada. O Grêmio enfrentará o Goiás, na quinta-feira (30), em casa.

    Homenagem a Hulk

    Antes da partida começar, o atacante Hulk foi homenageado pela diretoria do Alvinegro. Recentemente, o paraibano alcançou a marca de 400 gols marcados na carreira.

    Com a presença da esposa, dos pais e dos filhos, o dono da camisa 7 recebeu uma placa, das mãos do presidente Sérgio Coelho, e uma camisa personalizada, dada por Rodrigo Caetano, diretor-executivo.

    Domínio atleticano

    O primeiro tempo na Arena MRV foi de domínio total do Atlético-MG. Apesar de algumas investidas do Tricolor Gaúcho, foram os donos da casa que criaram as principais oportunidades de balançar a rede.

    Nos 45 minutos iniciais, o time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari criou, pelo menos, seis chances claras de mudar o marcador. Hulk, Saravia, Paulinho, Edenilson e Zaracho poderiam ter aberto o placar, mas o responsável por isso veio do lado esquerdo, em uma “bomba” que fez lembrar o ídolo Éder Aleixo.

    Golaço de Arana

    Aos 25, a torcida pôde tirar da garganta o grito de gol. Em uma jogada que começou do lado direito do ataque, a bola ficou “perdida” na área e, quando poucos acreditavam no lance, Guilherme Arana correu em direção a ela e, sem deixá-la cair, disparou um chutaço, sem chances para o goleiro gremista.

    Este foi o segundo gol do camisa 13 na Arena MRV.

    Zaracho amplia

    Logo no início do segundo tempo, quando o Grêmio ensaiava o empate, veio mais um do time mandante. Aos 4 minutos, após assistência de Hulk, o meia Matías Zaracho foi esperto e com um toque sutil estufou a rede.

    Hulk Hulk Hulk!

    E teve mais. Aos 13 minutos, Hulk recebeu na entrada da área, ajeitou e chutou cruzado. O resultado? Festa total na Arena MRV com o terceiro gol atleticano.

    Curiosamente, este foi o primeiro gol de Hulk contra o Grêmio, desde que retornou ao Brasil em 2021. O camisa 7 também chegou aos 29, igualando o número de gols marcados em 2022, e reassumiu a artilharia da equipe na temporada, com um a mais que Paulinho.

    Eu acredito

    Com a goleada, o torcedor do Galo soltou um velho grito. O “Eu Acredito”, usado especialmente na Copa Libertadores de 2013, reapareceu. Apesar de ter pouco mais de 1% de chance de título até então, sobra esperança.

    Susto, mas deu Galo

    Depois do gol de Hulk, o jogo ficou mais equilibrado. O Grêmio chegou a carimbar a trave com o atacante uruguaio Luis Suárez, mas não mexeu no placar e foi goleado dentro da Arena MRV.

    Atlético 3 x 0 Grêmio

    Atlético-MG: Everson; Renzo Saravia, Jemerson, Mauricio Lemos e Guilherme Arana; Otávio (Alan Franco, aos 21’ do 2ºT), Edenilson (Cristian Pavón, aos 37′ do 2ºT), Matías Zaracho e Igor Gomes (Rubens, aos 9’ do 2ºT); Paulinho (Patrick, aos 36′ do 2ºT) e Hulk. Técnico: Luiz Felipe Scolari

    Grêmio: Gabriel Grando; Fábio, Gustavo Martins, Bruno Uvini (Nathan Fernandes, intervalo), Walter Kannemann e Reinaldo; Ronald, Felipe Carballo (André, aos 30′ do 2ºT), Franco Cristaldo (Ferreira, intervalo) e Everton Galdino (Nathan, aos 19’ do 2ºT); Luis Suárez. Técnico: Renato Portaluppi

    Gols: Guilherme Arana (25’ do 1ºT), Matías Zaracho (5’ do 2ºT) e Hulk (13’ do 2ºT), do Atlético-MG

    Cartões amarelos: Guilherme Arana (36’ do 1ºT) e Mauricio Lemos (48’ do 1ºT), do Atlético; Luis Suárez (5’ do 2ºT) e Fábio (39′ do 2ºT), do Grêmio

    Motivo: 35ª rodada do Campeonato Brasileiro

    Data e horário: 26 de novembro, domingo, às 16h (horário de Brasília)

    Local: Arena MRV, em Belo Horizonte-MG

    Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)

    Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

    VAR: Rodolpho Toski Marques (VAR-FIFA-PR)

    Onde assistir: TV Globo (aberta), Premiere (TV por assinatura) e Itatiaia, no rádio e no YouTube.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas