Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Atlético-MG e Cruzeiro oficializam acordo por torcida única nos clássicos até 2025

    Clubes emitiram nota oficial para tornarem público o acordo, previamente antecipado pela Itatiaia

    Torcidas de Atlético-MG e Cruzeiro
    Torcidas de Atlético-MG e Cruzeiro Daniela Veiga / Atlético e Staff Images / Cruzeiro

    Guilherme PiuThiago Reisda Itatiaia

    Belo Horizonte

    Atlético-MG e Cruzeiro oficializaram nesta segunda-feira (29) o acordo para que os clássicos entre os clubes sejam realizados com torcida única até 2025.

    A Itatiaia já havia antecipado que os duelos entre os arquirrivais aconteceriam apenas com a torcida mandante a partir deste ano.

    “Cruzeiro e Atlético celebraram acordo para que haja torcida única nos clássicos das temporadas 2024 e 2025, válidos pelas competições organizadas pela Federação Mineira de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol”, diz o início da nota conjunta divulgada oficialmente pelos rivais.

    A medida passa a valer a partir do jogo deste sábado (3), às 19h30 (de Brasília), no duelo da terceira rodada do Campeonato Mineiro. Mandante desse jogo, o Atlético-MG terá 100% dos ingressos para comercializar aos seus torcedores.

    Representantes de Atlético e Cruzeiro se reuniram na última terça-feira (23) e formalizaram um acordo para que os clássicos de 2024 e 2025 sejam realizados com torcida única na Arena MRV e no Mineirão, em Belo Horizonte. O encontro contou com a presença de Fernando Abreu, promotor de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

    Por que a decisão de dois anos?

    O prazo de dois anos foi estabelecido para que Atlético-MG e Cruzeiro tenham o mesmo número de jogos na condição de mandante. Isso porque, na fase inicial do Campeonato Mineiro, apenas um dos clubes tem o clássico em sua casa.

    O Atlético-MG jogará em seus domínios na primeira fase do Estadual deste ano, enquanto o Cruzeiro receberá o rival no Mineirão na fase de classificação do Estadual de 2025.

    Motivações do acordo

    A decisão consensual por torcida única nos próximos clássicos foi motivada principalmente por dois fatores: o tratamento impróprio, por parte do Atlético-MG, destinado à torcida do Cruzeiro na Arena MRV no último duelo, realizado em 22 de outubro de 2023, pelo Campeonato Brasileiro, e as depredações à Arena MRV realizadas pelos cruzeirenses.

    Naquela ocasião, o Atlético retirou portas dos banheiros no setor visitante, inclusive os femininos, e não disponibilizou itens de higiene pessoal. A postura da direção atleticana gerou revolta na torcida cruzeirense e recebeu muitas críticas da opinião pública.

    Por sua vez, o Cruzeiro teve que arcar com os prejuízos gerados ao Atlético devido às depredações. Cadeiras e catracas, dentre outros itens, foram danificados.

    Dentro do prazo de dois anos com clássicos com torcida única, os clubes pretendem aprofundar o debate sobre o modelo ideal para esses jogos em Minas Gerais a partir de 2026.

    O que diz o MPMG

    De acordo com o promotor Fernando Abreu, a decisão consensual dos clubes se sobrepõe ao Regulamento Geral de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que prevê carga de até 10% de ingressos para o clube visitante.

    “O ponto que precisa ser destacado: de acordo com o Regulamento Geral de Competições, a solicitação de ingresso para a torcida visitante cabe ao clube visitante. Logo, pelo menos em tese, é perfeitamente possível que os clubes pactuem nesse sentido. Se Cruzeiro e Atlético avançarem, de fato, para a realização do clássico com torcida única, é uma deliberação exclusiva dos clubes seguindo os seus próprios interesses”, explicou Fernando Abreu.

    Confira o anúncio feito por Cruzeiro e Atlético

    Cruzeiro e Atlético celebram acordo por torcida única

    Cruzeiro e Atlético celebraram acordo para que haja torcida única nos clássicos das temporadas 2024 e 2025, válidos pelas competições organizadas pela Federação Mineira de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol.

    No caso de eventuais jogos por torneios da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), os clubes se comprometem a envidar esforços para que as partidas também ocorram sem torcida visitante.

    A medida temporária visa estabelecer um diálogo entre clubes e torcidas, no sentido de buscar soluções definitivas na realização de clássicos nos estádios de Minas Gerais.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

     

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original