Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Carro de Ayrton Senna é colocado à venda por R$ 3,1 milhões

    Honda NSX de 1991 pertenceu ao tricampeão da Fórmula 1

    Honda NSX de 1991, que pertenceu a Ayrton Senna, será vendido por R$ 3 milhões
    Honda NSX de 1991, que pertenceu a Ayrton Senna, será vendido por R$ 3 milhões Reprodução/Norio Koike

    Mateus Moreirada Itatiaia

    Um item valioso que pertenceu a Ayrton Senna, ídolo do automobilismo brasileiro, foi colocado à venda. O Honda NSX de 1991, que pertenceu ao tricampeão da Fórmula 1, pode ser adquirido por 500 mil libras (R$ 3,1 milhões).

    O modelo conta com motor V6 de 273 cavalos de potência. Além disso, o Honda NSX alcança 100km/h em 5s8 e pode chegar aos 265 km/h. No momento, registra 62 mil quilômetros rodados.

    O veículo fazia pertenceu ao ex-piloto no período em que esteve em Algarve, Portugal. Ele foi um presente da montadora, que, na época, fornecia os motores da McLaren.

    Senna foi presenteado pela Honda
    Senna foi presenteado com o Honda NSX em 1991 / Divulgação/Auto Trader

    Senna, inclusive, chegou a ajudar no desenvolvimento e testar o modelo no Circuito de Suzuka, no Japão, na década de 1990. O presente dado para Ayrton foi um outro modelo do Honda NSX, na cor preta, que está no Brasil.

    Primeira venda Agora, o modelo será negociado por outro dono, que comprou o carro em sua primeira venda, em 2013. Há 11 anos, o valor pago pelo Honda NSX de Ayrton Senna foi de 110 mil libras, cerca de R$ 701 mil na cotação atual.

    Após a morte de Ayrton, o GP de San Marino de 1994 em Imola, o Honda NSX do brasileiro foi comprado por uma concessionária da Honda, também em Portugal. Após um anúncio, o carro foi adquirido por um britânico, que o revendeu ao atual dono.

    Carro irá para exposição

    O veículo estará exposto na Exposição Senna no Circuito de Silverstone, na pista-sede do GP da Inglaterra de F1. Esta será uma homenagem aos 30 anos do falecimento de Ayrton, entre os dias 23 e 25 de agosto.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original