Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Botafogo: 6 viradas e 9 jogos de seca; Veja o “raio-X” do caos

    Glorioso já foi líder, com 13 pontos a frente do segundo colocado; Hoje é apenas o terceiro colocado na tabela do Campeonato Brasileiro

    Disputa de bola durante a partida entre Coritiba e Botafogo, no estádio Couto Pereira, em Curitiba
    Disputa de bola durante a partida entre Coritiba e Botafogo, no estádio Couto Pereira, em Curitiba Vitor Silva/Botafogo

    Matheus Dantasda Itatiaia

    O cenário vivido pelo Botafogo no Couto Pereira, diante do Coritiba nesta quarta (29), não repetiu pela primeira, nem segunda, tampouco pela terceira vez. Na amarga sequência de nove rodadas sem vencer pelo Brasileirão, o Botafogo esteve à frente do placar outras seis vezes, mas não mostrou capacidade de segurar o resultado. Assim, somou apenas cinco dos últimos 27 pontos em disputa.

    Coritiba, Santos, Bragantino, Grêmio, Palmeiras e Athletico-PR: o Botafogo abriu o placar ou teve a vantagem no placar diante desses seis adversários, mas não conseguiu vencê-los. Vale destacar que, neste grupo, estão três integrantes do G6, que disputam a vaga direta para a Libertadores e o título.

    Tiago Nunes, que assumiu o time há três rodadas e já viveu o drama, foi questionado sobre a incapacidade do Botafogo em segurar os resultados e sofrer gols nos minutos finais das partidas.

    “Sentimento de bastante frustração pelo o que vivemos os últimos jogos. Vejo um grupo trabalhador, de profissionais que se dedicam para conquistar os resultados. É momento de assumir a responsabilidade do que está acontecendo. Infelizmente, o Botafogo tem tido esse comportamento de sofrer esses resultados, há uma dificuldade nesse sentido. Experiência só se ganha passando”, disse o treinador.

    O primeiro turno histórico, com 47 pontos, sustenta o Alvinegro entre os primeiros colocados. Com o quarto empate consecutivo, o Botafogo entrará na 37ª rodada da Série A na segunda posição, com 63 pontos – três a menos do que o líder Palmeiras e na frente de Atlético e Flamengo pelo saldo de gols.

    Se a matemática aponta uma equipe ainda com chances de título, o desempenho indica o contrário.

    A sequência sem vitórias do Botafogo no Campeonato Brasileiro

    • Botafogo 1×1 Athletico-PR, no Nilton Santos: em jogo realizado em dois dias por conta da queda de energia, Tiquinho Soares abriu o placar, aos 24’/1ºT, e Pablo empatou aos 41’/1ºT;
    • Botafogo 0x1 Cuiabá, no Nilton Santos: Isidro Pitta marcou o único gol da partida aos 7’/2ºT
    • Botafogo 3×4 Palmeiras, no Nilton Santos: o Alvinegro vencia por 3 a 1 e perdeu um pênalti aos 38’/2ºT, com o rival virando o jogo com gols aos 39’/2ºT, 44’/2ºT e 54’/2ºT;
    • Vasco 1×0 Botafogo, em São Januário: Paulo Henrique marcou o único gol do clássico aos 29’/1ºT;
    • Botafogo 3×4 Grêmio, em São Januário: o Alvinegro vencia por 3 a 1 até que Luís Suárez marcou três gols em 19 minutos, aos 5’/2ºT, 8’/2ºT e 24’/2ºT;
    • Bragantino 2×2 Botafogo, no Nabi Abi Chedid: Thiago Borbas abriu o placar aos 3’/1ºT, o Botafogo reagiu com gols de Victor Sá e Eduardo, aos 35 e 37’/1ºT, mas o atacante empatou aos 51’/2ºT;
    • Fortaleza 2×2 Botafogo, no Castelão: o rival esteve à frente do placar duas vezes, e o Alvinegro buscou o empate com gols contra de Brítez, aos 20’/1ºT e de Danilo Barbosa, aos 33’/2ºT;
    • Botafogo 1×1 Santos, no Nilton Santos: Danilo Barbosa abriu o placar aos 11’/1ºT, mas Messias deixou tudo igual aos 44’/2ºT;
    • Cortiba 1×1 Santos no Couto Pereira: Tiquinho Soares cobrou pênalti e marcou aos 52’/2ºT, e os paranaenses, já rebaixados, empataram com Edu aos 54’/2ºT;

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original