Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Campeão da Champions se diz contra mulheres treinarem times masculinos

    Wesley Sneijder afirma que, ao discutir o tema, "já estamos forçando demais"

    Sneijder com José Mourinho comemorando a conquista da Champions 2009/2010
    Sneijder com José Mourinho comemorando a conquista da Champions 2009/2010 Twitter/Uefa

    Da CNN

    Campeão da Champions League pela Inter de Milão e vice-campeão mundial com a Holanda, o ex-jogador Wesley Sneijder se uniu a uma polêmica que repercute há alguns dias na imprensa holandesa e se posicionou contra mulheres treinarem equipes do futebol masculino.

    A discussão partiu de um outro ex-atleta que jogou pela seleção da Holanda, Pierre van Hooijdonk, que afirmou recentemente:

    “Trata-se de um tema de credibilidade. Uma mulher passa menos credibilidade que um homem. As mulheres e os homens são iguais para mim, mas o mundo do futebol não é o mesmo que a sociedade”

    Pierre van Hooijdonk

    Wesley Sneijder, que jogou no Ajax, no Real Madrid e conquistou a Champions com a Inter de José Mourinho, concorda com Van Hooijdonk. Em entrevista ao programa “Veronica Offside”, o ex-meio-campista explicou sua visão sobre o tema.

    “Não tenho nada contra as mulheres, mas estamos indo longe demais”, disse Sneijder.

    “Ouvi que precisamos romper com algo neste momento. Por que? O que temos que romper? Se acontecer, ok, mas estamos forçando demais. O fato de estarmos falando a respeito já é demais. Talvez isso aconteça em algum momento, mas estamos forçando e isso é contraproducente”, completou.

    (Publicado por Bruno Rodrigues)

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas