Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Com Morumbi lotado, São Paulo empata em duelo sem gols contra o Bahia

    Mais de 56 mil pessoas estiveram no estádio do time paulista na manhã deste domingo (30)

    Miguel Schincariol/Saopaulofc.net

    Ludmila Candalda CNNMateus PinheiroDaniel Lealda Itatiaia

    São Paulo

    Após desperdiçar diversas chances claras de abrir o marcador, o São Paulo ficou no empate sem gols em jogo contra o Bahia na manhã deste domingo (30), no estádio do Morumbi, na capital paulista.

    A partida foi válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    O São Paulo chegou ao terceiro jogo sem vencer e deixa a zona de classificação à Libertadores. Pelo lado baiano, a equipe comandada pelo técnico Renato Paiva chegou ao oitavo jogo consecutivo na Série A sem triunfos.

    O Esquadrão chegou ao recorte de um êxito nas últimas 17 partidas – o pior recorte da história do clube.

    Como fica a classificação

    Com o resultado, o São Paulo caiu para a oitava posição do Brasileiro, com 26 pontos. O Bahia, com 15 pontos, segue em 17º, na zona de rebaixamento, podendo cair uma posição, caso o Coritiba vença o Botafogo nesta tarde de domingo.

    Próximos compromissos

    O Bahia volta a jogar no próximo sábado (5), quando receberá o América-MG, na Fonte Nova, em Salvador. O São Paulo, por sua vez, jogará novamente na quinta-feira (3), desta vez pelas oitavas de finais da Copa Sul-Americana, diante do San Lorenzo, na Argentina. No Brasileiro, joga somente na domingo (6), quando receberá o Atlético-MG, no Morumbi.

    Principais lances do jogo

    O São Paulo amassou o Bahia no primeiro tempo – e em boa parte do segundo. Foram nove finalizações da equipe paulista contra quatro da baiana, que também levou perigo nos contra-ataques. Marcos Felipe foi o principal destaque, com pelo menos cinco grandes defesas nos primeiros 48 minutos.

    Fizeram falta à equipe do técnico Dorival Júnior as ausência dos atacantes Calleri e Luciano, suspensos. Afinal, o empate sem gols ao fim da etapa inicial não foi condizente com o jogo.

    O Tricolor perdeu duas chances com Rodrigo Nestor, aos 11 e 12 minutos – sendo a segunda na trave. David parou em Marcos Felipe aos 20. O Tricolor, atento nos contra-ataque, respondeu com Ademir, aos 26, com perigo. Aos 32, a melhor chance paulistana: Marcos Felipe errou na saída de jogo e David, sozinho, finalizou para fora. Até o apito final, o São Paulo seguiu o bombardeio. O Esquadrão, com muitas dificuldades na saída de jogo, foi no lucro no intervalo.

    O segundo tempo começou como um retrato do primeiro: pressão da equipe paulista. David, Beraldo e Alisson, em 12 minutos, fizeram Marcos Felipe mostrar serviço. Aos 17, Caio Paulista, de frente com o gol, ficou novamente no paredão baiano.

    O castigo do São Paulo esteve muito perto de acontecer aos 20 minutos. Em contra-ataque, Vitor Jacaré marcou para o Bahia, mas o lance foi anulado por impedimento milimétrico. Após o lance do Esquadrão, a equipe paulista parece ter sentido o susto e diminuiu o ritmo.

    São Paulo 0 x 0 Bahia

    São Paulo

    Rafael; Rafinha, Arboleda, Beraldo, Caio (Welligton); Pablo Maia, Alisson (Rodriguinho), Welligton Rato (Alexandre Pato) e Rodrigo Nestor (Michel Araújo); David e Erison.

    Técnico: Dorival Júnior.

    Bahia

    Marcos Felipe; Gilberto, Gabriel Xavier, Victor Hugo e Matheus Bahia (Camilo Cándido); Acevedo, Rezende (Rafael Ratão), Thaciano (Raul Gustavo) e Cauly; Ademir (Everaldo) e Vinícius Mongotti (Vitor Jacaré).

    Técnico: Renato Paiva.