Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Condenado, Daniel Alves volta a ter estátua vandalizada no interior da Bahia

    Na última quinta-feira (22), o ex-jogador foi condenado a quatro anos e meio de prisão por agressão sexual

    Filipe Sodréda Itatiaia

    A estátua do ex-jogador Daniel Alves, localizada em Juazeiro, no interior da Bahia, foi vandalizada novamente. Na manhã desta quarta-feira (28), a imagem do ex-atleta foi encontrada coberta por tinta branca. A danificação aconteceu depois de Daniel ser condenado a quatro anos e meio de prisão por agressão sexual.

    Essa não é a primeira vez que a imagem do ex-jogador é violada. Anteriormente, em setembro do ano passado, a estátua do ex-lateral-direito foi coberta por um saco plástico preto e fitas adesivas.

    Vale lembrar que a Prefeitura Municipal de Juazeiro informou que a estátua não será retirada, pelo menos por enquanto. Mesmo após a condenação, a gestão da cidade aguarda o fim dos recursos judiciais. A imagem, em tamanho real do ex-jogador, mostra Daniel Alves com a camisa da Seleção Brasileira e uma bola no pé.

    Ao contrário do que acontece em Juazeiro, o Bahia, clube que profissionalizou o ex-jogador, já retirou a imagem de Daniel Alves de uma das paredes de seu museu. O Barcelona, clube pelo qual o ex-atleta se consagrou na Europa, também o tirou do ranking de lendas.

    Entenda o caso

    O ex-jogador Daniel Alves foi condenado a 4 anos e seis meses de prisão pelo crime de estupro de uma jovem em boate. O resultado foi anunciado pela Justiça de Barcelona, na Espanha, na manhã da última quinta-feira (22).

    Além da condenação, o ex-lateral da Seleção Brasileira e Barcelona terá que pagar 150 mil euros (cerca R$800 mil) para a vítima.

    Daniel Alves terá que cumprir a pena na Espanha, uma vez que o crime ocorreu em território espanhol. No entanto, caso queira cumprir a sentença no Brasil, a defesa dele poderá fazer uma petição à Justiça.

    O julgamento do lateral-direito Daniel Alves, acusado de agredir sexualmente uma jovem, na época com 23 anos, em uma boate de Barcelona, em dezembro de 2022.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original