Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Endrick perde pênalti, Brasil é derrotado pelo Paraguai e se complica no Pré-Olímpico

    Seleção Sub-23 vai precisar vencer Venezuela e Argentina por vaga em Paris-2024; Endrick errou pênalti quando o jogo estava 0 a 0

    Endrick tenta lance para a Seleção Brasileira na derrota contra o Paraguai pelo Pré-Olímpico
    Endrick tenta lance para a Seleção Brasileira na derrota contra o Paraguai pelo Pré-Olímpico Joilson Marconne/CBF

    Marcel Rizzoda Itatiaia

    Com mais uma atuação ruim, a Seleção Brasileira Sub-23 perdeu do Paraguai, por 1 a 0, nesta segunda-feira (5), na abertura do quadrangular final do Torneio Pré-Olímpico. O jogo foi realizado no estádio Brígido Iriarte, em Caracas, na Venezuela.

    O resultado foi péssimo na tentativa de conseguir uma das duas vagas da América do Sul para os Jogos Olímpicos de Paris, que acontecem entre julho e agosto de 2024. O Brasil ainda enfrenta a Venezuela, na quinta-feira (8), às 20h de Brasília, e a Argentina no domingo (11), em horário a definir, e vai precisar dos seis pontos.

    Desfalque e atuação ruim

    Sem o volante Marlon Gomes, fora da competição por causa da um fratura no pé esquerdo, o técnico Ramon Menezes povoou o meio de campo com Andrey Santos, Bruno Gomes e Alexsander. Mesmo assim o time não teve a bola e foi dominado pelos paraguaios.

    O time vivia dos lampejos de Endrick. Em um lance, ele chegou a driblar o goleiro González, mas não cruzou bem. No outro, deixou John Kennedy na cara do gol, e o atacante do Fluminense chutou para fora. Mas o palmeirense também falhou. O camisa 9 sofreu um pênalti, que ele mesmo bateu e perdeu.

    De resto, a bola ficava com o Paraguai, que viu o goleiro Mycael ser o destaque no primeiro tempo, até o gol. Nos acréscimos do primeiro tempo, Peralta aproveitou indecisão da defesa do Brasil e, de cabeça, abriu o placar.

    O segundo tempo do Brasil continuou ruim, sem pressionar o adversário. Ramon fez mudanças, que não surtiram efeito. O placar repetiu o resultado de Brasil e Paraguai no quadrangular final do Pré-Olímpico de 2004, no Chile, última vez que o país não foi a uma Olimpíada no futebol masculino, para Atenas-2004.

    Ao final ainda houve um princípio de confusão, com empurra-empurra dos dois lados.

    Brasil 0 x 1 Paraguai

    Brasil

    Mycael; Khellven (Ronald), Arthur Chaves, Lucas Fasson e Rikelme (Gabriel Pec); Alexsander, Andrey Santos, Bruno Gomes e Gabriel Pirani (Marquinhos); John Kennedy e Endrick (Giovane). Técnico: Ramon Menezes.

    Paraguai

    Angel González; Nuñez, Jesús, Flores e Rivas (Parzajuk); Peralta, Viera e Gómez; Leguizamón (Román), Fernández (Cantero) e Pérez (Cardozo). Técnico: Jara Saguier.

    Gol
    Peralta (46min1ºT) para o Paraguai

    Cartões Amarelos
    Arthur Chaves, Lucas Fasson, Marquinhos (Brasil); Fernández, Cardozo, Román (Paraguai)

    Motivo: 1ª rodada do quadrangular final do Torneio Pré-Olímpico

    Data e horário: 5 de fevereiro de 2024 (segunda-feira), às 17h (de Brasília)

    Local: Brígido Iriarte, em Caracas (Venezuela)

    Árbitro: Roberto Perez (Peru)

    Auxiliares: Enrique Pinto e Stephen Atoche (ambos do Peru)


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original