Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Ex-Vasco x Cristiano Ronaldo: Prêmio de gol mais bonito tem disputa acirrada

    Jadson, zagueiro do Shandong Taishan, e CR7, do Al-Nassr são rivais no prêmio “Momento Mágico” da AFC Champions League

    Jadson e Cristiano Ronaldo disputam prêmio por gol mais bonito da AFC Champions League
    Jadson e Cristiano Ronaldo disputam prêmio por gol mais bonito da AFC Champions League Reprodução/Twitter

    Matheus Dantasda Itatiaia

    O zagueiro Jadson, do Shandong Taishan, da China, está concorrendo ao prêmio “Momento Mágico” da AFC Champions League da temporada 2024/23. A concorrência pelo gol mais bonito da competição é forte, incluindo o craque português Cristiano Ronaldo, do Al-Nassr, da Arábia Saudita.

    O gol de Jadson foi decisivo na vitória por 3 a 2 sobre o Kawasaki Frontale, fora, de casa, virando o placar aos 52 minutos da segunda etapa. A vitória garantiu a vaga nas quartas de final da Champions Asiática, o que fez do lance ainda mais especial para Jadson.

    “Foi um dos gols mais bonitos da minha carreira, com certeza. Ainda mais por ser na principal competição do futebol asiático, então deixou tudo com um gosto ainda mais especial. Fiquei muito feliz com a indicação. Estar ao lado de um dos maiores jogadores da história do futebol, que é o Cristiano Ronaldo, é uma honra muito grande”, disse Jadson.

    Além do histórico camisa 7, Soufiane Rahimi, do Al Ain-EAU, Asahi Uenaka, do Yokohama-JAP, Mikael Severo, do Kitchee, de Hong Kong, Salem Al-Dawsari, companheiro de Neymar no Al Hilal-SAD, e Mahmoud Eid, do Bangkok-TAI, concorrem ao prêmio que é decidido por votação popular.

    “Acho que tudo que envolveu esse gol foi especial. Estávamos atrás no placar agregado e tínhamos que reverter o placar para conseguir avançar de fase. Geralmente os torcedores esperam esse gol de um atacante, meio-campistas… então, quando o zagueiro faz, causa surpresa (risos). Espero continuar marcando e participar de novas premiações”, completa Jadson.

    Natural de Natal (RN), o zagueiro de 32 anos deixou a cidade em busca de maiores oportunidades na carreira como jogador. Assim, se mudou ao Rio de Janeiro em 2011, onde trabalhou como ajudante de pedreiro e, aos finais de semana, atuava na várzea.

    Jadson ainda atuou no Futebol 7 antes de chamar a atenção do América-RJ, clube pelo qual tornou-se profissional, em 2014. No ano seguinte, atuou pelo Bonsucesso e, as atuações no Campeonato Carioca, o levaram para o Portimonense, de Portugal, onde ficou até 2020.

    A passagem pelo Vasco foi curta, com apenas cinco atuações, e Jadson deixou o Cruzmaltino para atuar no Wuhan Three Towns, da segunda divisão da China, em 2021, antes de chegar ao Shandong Taishan.

    No ano seguinte, foi destaque do Bonsucesso na disputa da primeira divisão do Campeonato Carioca e logo, recebeu uma proposta para atuar pelo Portimonense, de Portugal, onde jogou entre 2015 e 2020 e faturou a Segunda Liga Portuguesa na temporada 2016/17. O zagueiro também defendeu o Vasco, em 2020, e o Wuhan Three Towns, da segunda divisão da China, em 2021, antes de chegar ao Shandong Taishan.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original