Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Botafogo volta à Libertadores e enfrenta o Aurora na altitude de Cochabamba

    Glorioso abre o confronto da segunda fase preliminar da Copa Libertadores contra a equipe boliviana nesta quarta (20)

    Savarino é um dos reforços contratados para agregar experiência ao Botafogo na Libertadores
    Savarino é um dos reforços contratados para agregar experiência ao Botafogo na Libertadores Vítor Silva / Botafogo

    Matheus Dantasda Itatiaia

    20 de setembro de 2017: o Botafogo perdeu do Grêmio por 1 a 0, em Porto Alegre, e deu adeus à Libertadores nas semifinais. Nesta quarta (20), depois de sete anos, o Glorioso volta a viver o sonho de conquistar a América pela primeira vez, e terá o modesto Aurora, da Bolívia, como adversário pela segunda fase preliminar da Copa. A bola rola às 21h30 (de Brasília) no Estádio Felix Caprilles, em Cochabamba, na Bolívia.

    O momento vivido pelo Alvinegro não é dos melhores, contudo. Ainda com “feridas abertas” de 2023, pela reta final frustrante, o time de Tiago Nunes repete as mesmas dificuldades e vive um início de temporada turbulento. A campanha ruim na Taça Guanabara coloca ainda mais pressão sobre a campanha na Libertadores.

    O elenco foi reformulado e nove reforços foram inscritos pelo clube nesta fase da Libertadores, mas apenas quatro estão à disposição da comissão técnica para a partida desta noite. São os zagueiros Lucas Halter e Alexander Barboza, o lateral-direito Damián Suárez e o atacante Savarino. Todos devem iniciar entre os titulares.

    A altitude é um ingrediente a mais no reencontro do Botafogo com a Libertadores. O Estádio Felix Caprilles fica a 2.550 metros acima do nível do mar. O Glorioso viveu experiência recente em condições parecidas. Em junho de 2023, empatou em 0 a 0 com a LDU, em Quito no Equador, a 2.850 metros de altitudade pela Sul-Americana.

    Esta é a terceira participação do Aurora na Libertadores. Em 12 jogos, a única vitória da equipe no torneio foi no jogo de ida da primeira fase preliminar, por 1 a 0 sobre o Melgar, do Peru, garantindo a classificação com um empate em 1 a 1 na volta. Antes deste confronto, o histórico do time boliviano era de nove derrotas consecutivas e um empate no torneio.

    Aurora x Botafogo

    Aurora: David Akologo; Ramiro Ballivián, Luis René Barbosa, Nelson Amarilla, Michelli e Jair Torrico; Darío Torrico, Didí Torrico e Carlos Sejas; Jair Reinoso e Silvero – Técnico: Maurício Soria.

    Botafogo: Gatito Fernández; Damián Suárez, Lucas Halter, Alexander Barboza e Hugo; Danilo Barbosa, Tchê Tchê e Eduardo; Savarino, Victor Sá e Tiquinho Soares – Técnico: Tiago Nunes.

    Motivo: Partida de ida da segunda fase preliminar da Copa Libertadores
    Local: Estádio Felix Caprilles, em Cochabamba, na Bolívia
    Data e hora: 21 de fevereiro de 2024, às 21h30 (de Brasília)

    Árbitro: Cristian Garay (CHL)
    Assistentes: Alan Sandoval (CHL) e Gabriel Ureta (CHL)
    VAR: Fernando Vejar (CHL)

    Onde assistir: ESPN, Star+, Globoplay e GE

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original