Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Comissão técnica embarca para Itália e começa preparação para Copa do Mundo

    Grupo leva na bagagem 92 itens de medicamentos, 30 kg de farinha de mandioca e quase mil camisas

    Jogadores da seleção brasileira comemoram gol marcado contra a Bolívia pelas eliminatórias para a Copa do Mundo em La Paz
    Jogadores da seleção brasileira comemoram gol marcado contra a Bolívia pelas eliminatórias para a Copa do Mundo em La Paz 29/03/2022 REUTERS/Patricia Pinto

    Lucas Janoneda CNN

    no Rio de Janeiro

    A logística da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo 2022 começa oficialmente neste sábado (11), quando a comissão técnica viaja para Turim, na Itália.

    Entre as pessoas que embarcam neste fim de semana estão o técnico Tite e os atletas convocados que atuam no futebol brasileiro, como é o caso do goleiro Weverton, do Palmeiras, o meio-campista Everton Ribeiro e o atacante Pedro, ambos do Flamengo. Os demais atletas se apresentam no início da próxima semana.

    Na bagagem, a comissão técnica leva do Brasil mais de 5,5 toneladas, que serão transportadas em um avião fretado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Trata-se, na prática, de 300 volumes de material, que vão de roupas e medicamentos para os atletas até equipamentos eletrônicos que ficaram a serviço do staff.

    O setor de rouparia é o responsável pelo maior número de volumes que serão transportados para o Catar, onde o mundial acontece a partir do dia 20 de novembro.

    Segundo a CBF, quase mil camisas serão levadas para a Copa do Mundo 2022, sendo 700 camisas amarelas e 230 azuis. Cada atleta receberá três kits de uniforme: um para treinos, um para a concentração e um para os jogos – onde cada atleta utiliza duas camisas, uma para cada tempo

    Além dos uniformes, a delegação brasileira também levará alimentos. Somente de farinha de mandioca, os responsáveis pela refeição dos atletas transportarão 30kg de farinha de mandioca, segundo apurou a CNN.

    A comissão técnica ainda levará na bagagem 92 medicamentos, além de aparelhos de ultrassom e laser para fisioterapia, câmara hiperbárica, macas, máquinas massageadoras, duas mil travas de chuteiras, entre outros itens.

    Após o desembarque em Turim, na Itália, a Seleção Brasileira treina por seis dias no centro de treinamento da Juventus. Logo após, no dia 19 de novembro, os jogadores e a delegação embarcam rumo ao Catar, onde farão os últimos ajustes para a estreia na competição, que acontece em 24 de novembro contra a Sérvia.