Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Conafut 2024: veja o que rolou nos debates e os vencedores de cada categoria

    Tradicional evento voltado para a indústria do futebol aconteceu na Neo Química Arena

    Painel sobre atletas influenciadores na Conafut 2024. Da esq. para a direita: Jacqueline Meirelles, Fernando Fleury (moderador), Diogo Kotscho e Rafael Capelli
    Painel sobre atletas influenciadores na Conafut 2024. Da esq. para a direita: Jacqueline Meirelles, Fernando Fleury (moderador), Diogo Kotscho e Rafael Capelli Luccas Oliveira

    Da CNN

    Casa do Corinthians, a Neo Química Arena, em São Paulo, foi palco da sétima edição da Conferência Nacional de Futebol, a Conafut. O evento ocorreu entre quinta (13) e sexta-feira (14), e contou com especialistas de diferentes áreas do futebol para debates e networking.

    O encontro acontece desde 2017 e debate os mais variados temas relevantes do mundo da bola. Neste ano, intolerância no esporte, técnicos estrangeiros, retomada no sul e novas maneiras de transmissão de jogos foram alguns assuntos abordados.

    A Conafut deste ano recebeu nomes renomados, como Eduardo Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo, Diogo Kotscho, do Athletico-PR, Pedro Martini Visconti, da Diez Media, e Rafael Soares, do Bahia. Confira o resumo de tudo que rolou no encontro.

    Primeiro dia

    A retomada da vida e do futebol no Rio Grande do Sul foi o tema de abertura do evento. O debate foi mediado pelo jornalista e advogado gaúcho Andrei Kampff, e contou com Henrique Guterres, executivo de marketing do Grêmio, e Liana Bazanela, ex-diretora-executiva de marketing e negócios do Internacional.

    No primeiro painel de debate, Diogo Kotscho, ex-assessor de imprensa de jogadores como Kaká e Cafu e atualmente coordenador de comunicação do Athletico-PR, abordou a mudança de posicionamento de atletas para influenciadores digitais.

    Jacqueline Meirelles, fundadora da Arena ESG e mulher de Julio Casares, presidente do São Paulo, e Rafael Capelli, sócio da agência On the Nose, que trabalha a imagem digital de jogadores e ex-atletas, também participaram do papo sobre o papel do atleta no mundo digital.

    A crescente presença de técnicos estrangeiros no futebol brasileiro rendeu um aplaudido debate. O painel “Invasão estrangeira” foi moderado por Bruno Rodrigues, editor de esportes da CNN Brasil, e contou com aparição “surpresa” de Fernando Diniz, técnico do Fluminense.

    O primeiro dia da Conafut foi encerrado com tema sobre o futebol feminino, seu desenvolvimento no Brasil, e a expectativa para a disputa da Copa do Mundo de 2027. Íris Sesso (Corinthians), Nuty Silveira (Ferroviária), Lucas Almeida (Centro Olímpico) e Sandra Santos (Instituto Brasileiro de Futebol Feminino) estiveram presentes.

    Conafut 2024 acontecerá na Neo Química Arena, nos dias 13 e 14 de junho
    Conafut 2024 aconteceu na Neo Química Arena / Divulgação/Conafut

    Segundo dia

    O último dia na Neo Química Arena começou com debate sobre o fortalecimento do futebol sul-americano. Pedro Martini Visconti, da Diez Media, detalhou a parceria com a Conmebol e o crescimento nos números das competições da América do Sul, como a Libertadores.

    Intolerância e preconceito também foram abordados no painel. Filipe Marquezin, criador da Unicorns Brasil e da liga voltada ao público LGBTQIA+, Renata Ruel, comentarista da ESPN, Mia Lopes, jornalista e CEO da Afro Brasil, e Igor Benevenuto, primeiro árbitro Fifa a se assumir homossexual, participaram do debate.

    A briga de Vini Jr contra o racismo na Espanha foi um dos assuntos no bate-papo. A atitude do jogador da Seleção foi exaltada por Mia Lopes.

    “Não podemos deixar de falar o que o Vini Jr. está fazendo. A gente tem noção que um homem negro retinto está promovendo um debate de racismo em um pais europeu? Os episódios de racismos que brasileiros sofrem na Europa e na Espanha são inúmeros. E ele está fazendo uma transformação de dentro para fora”, comentou.

    Rafael Soares, diretor de marketing do Bahia, elencou as ações do clube para engajar os torcedores nas redes sociais, no terceiro debate que falou sobre o novo perfil do torcedor.

    Fechando o evento, Rodrigo Capelo, jornalista especializado em finanças, mediou um debate sobre o cenário do futebol brasileiro com as SAFs, Ligas e o potencial econômico do país para o esporte.

    Dudu Cearense, ex-jogador, e Eduardo Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo e atual deputado federal, também participaram do papo. A venda de direitos de transmissão e o processo para criação de uma liga foram dois temas que ganharam a atenção dos presentes.

    Os vencedores de cada categoria na Conafut

    • Melhor CEO de clube: Marcelo Paz (Fortaleza)
    • Melhor executivo de finanças: Eduardo Moreira (Fortaleza)
    • Melhor profisisonal de marketing: Rafael Soares (Bahia)
    • Melhor executivo de futebol: Anderson Barros (Palmeiras)
    • Melhor trabalho de diversidade e inclusão: Bahia
    • Melhor departamento de futebol feminino: Corinthians
    • Melhor comissão técnica: Palmeiras
    • Melhor análise de desempenho: Palmeiras

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas