Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Copa do Mundo: ministra do Esporte quer ponto facultativo em jogos da seleção feminina

    Competição feminina acontece entre 20 de julho e 20 de agosto e vai ser disputada na Austrália e Nova Zelândia

    Lula foi se despedir de seleção feminina, que vai disputar Copa do Mundo de futebol feminino na Austrália
    Lula foi se despedir de seleção feminina, que vai disputar Copa do Mundo de futebol feminino na Austrália Reprodução/TV Brasil

    João Rosada CNN Brasília

    Na tentativa de gerar mais visibilidade ao futebol feminino, a ministra do Esporte, Ana Moser, afirmou que vai trabalhar para que seja decretado ponto facultativo no Brasil nos dias de jogos da seleção durante a Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino, que começa no dia 20 de julho.

    “Estamos focados em dar visibilidade, vamos ver se a gente consegue fazer ponto facultativo, igual nos jogos masculinos”, afirmou a ministra, neste sábado (1º), durante treino da seleção brasileira de futebol.

    A afirmação de Moser foi feita ao lado do presidente Luís Inácio Lula da Silva, que acompanhou a visita.

    Durante a copa do mundo de futebol masculino, órgãos públicos federais, estaduais e municipais costumam conceder ponto facultativo aos trabalhadores nos dias de jogos da seleção brasileira. Moser relembrou o fato.

    “Quando não tem jogo do masculino não tem folga? Então, vamos tentar fazer isso também [no feminino] para dar a mesma importância.”

    Se o desejo do governo se concretizar, poderão ser concedidos até sete pontos facultativos entre julho e agosto, caso a seleção chegue até a final.

    Contudo, a Copa vai ser realizada na Austrália e Nova Zelândia. A diferença de fuso horário entre o Brasil e os países da Oceania varia entre 13 e 16 horas.

    A situação vai ser semelhante à vista na Copa do Mundo Masculina de 2002, que aconteceu no Japão e Coreia.

    Agora, na primeira fase, o Brasil vai ter dois jogos às 7h e um às 8h.

    Os jogos nas fases de mata-mata estão previstos para acontecer entre 22h e 7h, dependendo dos resultados anteriores.

    A Copa do Mundo Feminina acontece entre 20 de julho e 20 de agosto. O time da Marta e companhia está no grupo F junto as seleções da França, Jamaica e Panamá.

    A estreia da equipe treinada por Pia Sundhage, a primeira estrangeira a treinar uma seleção de futebol brasileira, será no dia 24 de julho em Adelaide, Austrália, contra o Panamá.

    No dia 29, a seleção enfrenta a França em Brisbane. Para fechar a fase de grupos da competição, a seleção joga contra a Jamaica, no dia 2 de agosto, em Melbourne, também na Austrália.

    A seleção brasileira entrará em campo mais uma vez em busca do primeiro título mundial.

    O Brasil participou de todas as edições da Copa Feminina, sendo o principal destaque entre os países da América do Sul.

    A primeira edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino organizada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) aconteceu em 1991, na China.

    A equipe dos Estados Unidos é a maior campeã da Copa do Mundo Feminina, com quatro títulos (1991, 1999, 2015 e 2019) desde a criação do campeonato.

    Em segundo lugar, está a seleção alemã, com dois títulos conquistados em 2003 e 2007 e, empatados com um título, estão as equipes do Japão (2011) e Noruega (1995).