Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Benja condena agressões a Luan: “É perigoso, uma hora pode morrer alguém”; veja vídeo

    Novo apresentador da CNN considera que o meia é "a pior contratação da história do Corinthians"

    Da CNN

    Novo apresentador de esportes da CNN, Benjamin Back, o Benja, condenou as agressões de torcedores do Corinthians a Luan (veja no vídeo acima). Na madrugada desta terça-feira, o meia foi atacado por um grupo de corintianos em um motel da Zona Oeste de São Paulo.

    A situação do Corinthians, na minha opinião, é catastrófica. Agora, não é assim que se resolvem as coisas. Acho isso perigoso, uma hora pode morrer alguém, não achei legal isso aí, não

    Benjamin Back, sobre agressões a Luan

    Benja também criticou a contratação de Luan, que nunca conseguiu repetir, no Corinthians, a boa fase no Grêmio.

    “É a pior contratação da história do Corinthians, mas a pior disparada na relação custo-benefício. Custou um caminhão de dinheiro, e pra mim o Luan veio pro Parque São Jorge passar férias remuneradas”, apontou o apresentador.

    Benja estreia, no próximo domingo (9), às 13h, o programa “Domingol com Benja”, na CNN Brasil.

    Entenda o caso Luan

    Na madrugada desta terça-feira (04), o meia Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores do clube em um motel de São Paulo. O ocorrido se deu no bairro da Barra Funda, situado na Zona Oeste da capital paulista.

    O ocorrido ganhou força após o vazamento de áudios em que, supostamente, funcionários do motel confirmavam que Luan deixou o local agredido por torcedores. A informação foi confirmada inicialmente pelo portal “ge” e, logo em seguida, pela reportagem da Itatiaia.

    Ainda não há maiores informações quanto ao estado de saúde do meio-campista. A Itatiaia buscou contato com a assessoria de comunicação de Luan, mas não obteve resposta.

    No Instagram, o atleta publicou uma foto do calção manchado de sangue e escreveu a frase “não é só futebol”.

    (Publicado por Luccas Oliveira)