Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Marcelinho Carioca: “Mandaram o Mascherano bater em mim no Corinthians”; veja

    Argentino teria recebido ordens para provocar uma briga e fazer com que ídolo fosse demitido do clube

    Da CNN

    Convidado do Domingol com Benja deste domingo (7), Marcelinho Carioca revelou um episódio tenso que teria marcado sua passagem pelo Corinthians em 2006, envolvendo Javier Mascherano.

    Segundo o ídolo corintiano, o volante argentino teria sido orientado a agredi-lo no treino para provocar uma briga e, consequentemente, uma demissão de Marcelinho por conta da confusão — veja no vídeo acima.

    Marcelinho afirmou que ouviu isso do próprio Mascherano, hoje também ex-jogador e treinador da seleção olímpica da Argentina.

    O Mascherano chegou pra mim na musculação e falou assim: ‘Poxa, me desculpa aquela pancada que eu te dei’. Eu falei: ‘Por quê?’. Ele respondeu: ‘Uma hora você vai entender o porquê’. Falaram pra ele: ‘pega o Marcelinho a primeira vez, pega a segunda, pega a terceira, que ele vai se estourar e vão ter um motivo pra poder mandá-lo embora’

    Marcelinho Carioca, no Domingol

    O ex-jogador Marcelinho Carioca revelou um episódio tenso que teria acontecido durante sua passagem pelo Corinthians em 2006. Segundo o ídolo corintiano, o argentino Javier Mascherano teria sido orientado a agredi-lo durante um treino, com o objetivo de provocar uma briga e, posteriormente, a demissão de Marcelinho.

    Despedida de Marcelinho Carioca foi agridoce

    Marcelinho ainda lamentou como se deu sua despedida do Corinthians em uma partida de 2010. Ele diz que poderia ter contribuído mais ao elenco, mesmo sem o preparo físico de outrora.

    “No meu último jogo, eu joguei só 45 minutos e ia voltar, mas falaram: ‘Não, não, você não vai voltar pro segundo tempo não, pode tirar'”, contou.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas