Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Preparador físico do Universitario é detido por racismo após jogo com Corinthians; veja

    Uruguaio Sebastián Avellino teria imitado macaco em direção à torcida brasileira

    Preparador físico uruguaio Sebastián Avellino é levado pela polícia
    Preparador físico uruguaio Sebastián Avellino é levado pela polícia Reprodução/Itatiaia

    Túlio Kaizer, Luis Fabianida Itatiaia

    Preparador físico do Universitario, do Peru, o uruguaio Sebastián Avellino foi detido por racismo após a derrota da equipe para o Corinthians, por 1 a 0, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela ida dos playoffs da Copa Sul-Americana.

    O membro do estafe da equipe peruana foi acusado de imitar um macaco em direção à torcida do Corinthians ao final do jogo. Testemunhas acompanharam o caso no Juizado Especial Criminal (Jecrim) da Neo Química Arena.

    Sebastián foi transferido posteriormente à 65ª DP, no bairro de Artur Alvim, na Zona Leste da capital paulista. A audiência de custódia do uruguaio está marcada para a tarde desta quarta-feira (12).

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original