Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Dorival se empolga com início na Seleção: “Poucos acreditariam”

    Treinador estreou com vitória sobre a Inglaterra, e nesta terça-feira (26) Brasil saiu perdendo por 2 a 0 para a Espanha, mas conseguiu o empate por 3 a 3

    O técnico Dorival Júnior no amistoso Brasil x Espanha
    O técnico Dorival Júnior no amistoso Brasil x Espanha Rafael Ribeiro/CBF

    Marcel Rizzoda Itatiaia

    Nas entrevistas que concedeu ao ser apresentado, após a primeira convocação e antes de estrear como técnico da Seleção Brasileira, Dorival Jr. batia na tecla de que provavelmente teria um início de trabalho turbulento. Principalmente porque teria pela frente logo de cara duas fortes rivais da Europa, a Inglaterra e a Espanha, com times já formados há algum tempo.

    O Brasil venceu os ingleses, no sábado (23), por 1 a 0 no estádio de Wembley, em Londres, e empatou com a Espanha por 3 a 3 nesta terça-feira (26), no Santiago Bernabéu, em Madri, após estar perdendo por 2 a 0, e depois por 3 a 2.

    “Se dez dias atrás alguém falasse o que acabou acontecendo aqui, poucos acreditariam. Saio muito mais do que satisfeito desses dois jogos e pergunto a vocês [jornalistas]: esperavam essas atuações que tivemos?”, perguntou o treinador em entrevista coletiva.

    Dorival admitiu que o desempenho contra a Inglaterra foi bem melhor do que contra a Espanha. Mas ele tem uma explicação:

    “Estávamos com essa dúvida, com relação ao condicionamento físico. A Espanha jogou [contra a Colômbia, perdeu por 1 a 0] na sexta, um dia antes da gente. Tivemos um jogo desgastante contra a Inglaterra, a viagem, e isso tudo pesa. Era manter uma base, por entrosamento, ou trocar por físico. Tenho certeza que se hoje fosse a primeira partida da janela, teria sido uma atuação melhor”, disse o treinador.

    Ele elogiou o elenco, afinal foram 26 convocados, três a mais do que os tradicionais 23. Nos treinamentos, alguns atletas ficavam fora do 11 contra 11.

    “Não me decepcionei com nenhum atleta, todos profissionais. Sou sincero, não esperava que tivesse essa resposta positiva logo no primeiro encontro. Agora vamos manter as observações, corrigindo alguns detalhes, para que lá na frente possamos ser ainda melhores”, disse Dorival.

    Agora o time só volta a campo em 8 de junho, amistoso contra o México no estádio Kyle Field, em College Station, nos Estados Unidos. Quatro dias depois o rival será os EUA, em Orlando.

    Já será preparação para a Copa América, em território estadunidense entre 20 de junho e 14 de julho. O Brasil está no Grupo D junto com Costa Rica, Colômbia e Paraguai.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original