Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ex-técnico diz que Ronaldo saiu do Real ao chegar aos 94 kg por gostar de “farra”

    "Foi a sorte do Madrid quando o expulsaram", diz Capello em evento do jornal espanhol Marca, realizado neste sábado (25)

    "Capello é um grande amigo, o problema é que ele queria me pesar todos os dias e eu tinha problema com isso", rebateu Ronaldo
    "Capello é um grande amigo, o problema é que ele queria me pesar todos os dias e eu tinha problema com isso", rebateu Ronaldo Joe Maher/ Getty Images

    Da CNN

    O ex-técnico do Real Madrid, Fabio Capello, voltou a alfinetar Ronaldo Fenômeno pelo seu tempo no time. O jogador vestiu a camisa do clube catalão de 2002 a 2007, posteriormente vendido ao Milan, onde ficou por um ano e meio.

    “Foi a sorte do Madrid quando o expulsaram”, diz Capello em evento do jornal espanhol Marca, realizado neste sábado (25).

    “Ele pesava 94 quilos. Falei com ele e disse: ‘Quando você ganhou a Copa do Mundo com o Brasil no Japão e Coreia, quanto você pesava?’, e ele disse 84 kg. Com 94 ele não podia jogar. Tinha que emagrecer, mas não emagreceu”.

    “Gostava muito da noite, das mulheres… Com ele, muitos jogadores foram para esse caminho”, completou o ex-técnico, que afirmou ter dito ao presidente do time da época a vendê-lo.

    “Berlusconi [presidente do Milan] também me ligou, e eu disse ‘não contrate’, mas no dia seguinte Ronaldo estava no Milan”.

    Capello conta a história com frequência, e Ronaldo já rebateu o ex-técnico em atendimento à imprensa feito em 2020. “Não me negava a reduzir peso, recusei a me pesar. Tivemos pequenos problemas mas nos acertamos. Foi um dos melhores treinadores da história e nossos problemas foram solucionados”, afirmou o ex-jogador.

    “Capello é um grande amigo, o problema é que ele queria me pesar todos os dias e eu tinha problema com isso”, contou.

    *Publicado por Sofia Kercher, da CNN