Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Flamengo se posiciona contra a paralisação do Brasileirão; veja

    Bruno Spindel, diretor de futebol rubro-negro, concede entrevista coletiva após a vitória sobre o Corinthians

    Foto: Reprodução / FLA TV

    Matheus Dantasda Itatiaia

    Rio de Janeiro

    Após a vitória do Flamengo sobre o Corinthians, no Maracanã neste sábado (11), o diretor de futebol Bruno Spindel concedeu entrevista coletiva na qual confirmou a posição do clube contrária à paralisação do Campeonato Brasileiro devido às chuvas que atingiram a região Sul do Brasil.

    “A gente entende que, continuando a trabalhar, exercendo nossa atividade, podemos ajudar mais ainda do que se estiver parado. Tem uma série de outras atividades no Brasil que não foram paralisadas pela catástrofe. Estão todos tentando ajudar da melhor forma, e o Flamengo entende que pode ajudar muito mais se o campeonato seguir”, disse Spindel.

    Neste sábado (11), o Flamengo atuou com uma campanha de arrecadação estampada no uniforme. A ação também foi promovida em faixas e placas de publicidade no Maracanã.

    GrêmioInternacional Juventude comunicaram que enviaram à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) um ofício de solicitação pelo adiamento total de três rodadas da Série A1 do Campeonato Brasileiro.

    Clubes gaúchos pedem pela paralisação do futebol brasileiro devido às tragédias vividas pela população do Rio Grande do Sul.

    Liga Forte União (LFU) se posicionou a favor da paralisação do futebol brasileiro em razão dos impactos das fortes chuvas no Rio Grande do Sul. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) levantou a pauta após solicitação do Governo Federal, por meio do Ministério dos Esportes.

    Chuvas no RS

    Segundo divulgado pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul neste sábado, são 136 mortes, 125 desaparecidos, 756 feridos, 339.925 desalojados e 71.398 pessoas em abrigos.

    As chuvas, que castigam o RS desde o fim de abril, afetaram 2.039.084 pessoas no estado. Ao todo, 445 dos 497 municípios gaúchos também foram impactados pelas chuvas de alguma maneira, seja com enchentes, falta de água potável, energia elétrica e afins.

    A declaração de Bruno Spindel

    “Exatamente por esse motivo que eu estou aqui. Todos nós, como instituição e como seres humanos, somos extremamente solidários a todas as pessoas do Rio Grande do Sul que estão passando por esse momento difícil, por essa tragédia, por essa catástrofe. O lado humano vem acima de tudo.

    A gente tem amigos, alguns aqui do clube tem, inclusive, parentes lá no Rio Grande do Sul. O clube tem feito uma série de ações para ajudar o povo do RS. Pelo lado humano, a gente já naturalmente se solidarizaria com qualquer causa, mais ainda por sermos todos brasileiros.

    Tudo que o Flamengo, tudo que nós, como cidadãos, pudermos ajudar, a gente vai ajudar. Fizemos uma ação hoje com o pix da Ação da Cidadania para ajudar em relação a essa catástrofe. Vamos continuar ajudando. O clube já se posicionou em relação aos co-irmãos Inter, Grêmio e Juventude.

    A gente tem se solidarizado e colocou o Centro de Treinamento à disposição dos três clube para quando julgarem, e se julgarem necessário, que possam usar a nossa instalação. A gente entende que, continuando a trabalhar, exercendo nossa atividade, podemos ajudar mais ainda do que se estiver parado.

    Tem uma série de outras atividades no Brasil que não foram paralisadas pela catástrofe. Estão todos tentando ajudar da melhor forma possível, e o Flamengo entende que pode ajudar muito mais se o campeonato seguir. A gente se solidariza com todo lado humano, questão da saúde, das vidas… Tudo que pudermos fazer para ajudar, que tiver nas nossas mãos, vamos fazer. O Flamengo, de uma forma ou outra, vai continuar ajudando.

    A gente entende que, continuando a trabalhar, temos mais alternativas para ajudar. Hoje, por exemplo, o pix Cidadania na camisa foi para o Brasil inteiro. A gente entende que é uma forma importante de ajudar, dentre outras que estamos discutindo.”

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original