Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Com gol de Cano, Fluminense bate Santos no Maracanã no Brasileirão

    Atacante argentino marcou para o Tricolor carioca na segunda etapa; Flu despediçou um pênalti

    Cano comemora o gol da vitória do Fluminense sobre o SantosFOTO DE MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FCIMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulga磯, seu uso comercial estᠶetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club.IMPORTANT: Image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club.IMPORTANTE: Im᧥n para uso solamente institucional y distribuici㮮 El uso comercial es prohibido por su autor y por el Fluminense Football Club
    Cano comemora o gol da vitória do Fluminense sobre o SantosFOTO DE MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FCIMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulga磯, seu uso comercial estᠶetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club.IMPORTANT: Image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club.IMPORTANTE: Im᧥n para uso solamente institucional y distribuici㮮 El uso comercial es prohibido por su autor y por el Fluminense Football Club Marcelo Gonçalves/Fluminense

    Ludmila Candalda CNNda Itatiaia

    Mesmo desperdiçando um pênalti, o Fluminense venceu o Santos por 1 a 0 na tarde deste sábado (29), no Maracanã, em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    Artilheiro do clube na temporada, o argentino Gérman Cano marcou para o time das Laranjeiras aos 31 minutos do segundo tempo e sacramentou a vitória para os donos da casa.

    Com o resultado, o Peixe segue na 14ª colocação, com 17 pontos, três a mais que o Bahia, que abre a zona de rebaixamento e encara o São Paulo neste domingo (30), no Morumbi. Já o Tricolor carioca pulou para quarto lugar, com 28.

    O Santos volta a campo no próximo sábado, às 16h, quando recebe o Athletico-PR, pela 18ª rodada do Brasileirão. O Fluminense, por sua vez, volta as suas atenções para a Libertadores. O time visita o Argentino Juniors na terça-feira (1º), às 19 horas, pelo jogo de ida das oitavas de final.

    O jogo

    O primeiro tempo começou bem truncado no Maracanã. Atuando em casa, o Fluminense até dominou a posse de bola, mas encontrou muitas dificuldades para encontrar espaços na zaga alvinegra.

    Depois de tanto insistir, surgiu uma chance de ouro para os cariocas abrirem o placar. Com 25 minutos, Yony González recebeu na área e escorou para Arias, que foi derrubado por João Lucas. O árbitro, então, marcou pênalti. Na cobrança, porém, Leo Fernández parou em defesa de João Paulo.

    A primeira e única chegada com mais perigo do Santos saiu no contra-ataque. Jean Lucas disparou pela esquerda, deixou para trás a marcação e tentou o chute colocado. A bola passou perto da trave e se perdeu pela linha de fundo.

    A partir de então, o Tricolor seguiu rondando a área do Peixe. Aos 32, André arriscou de longe e isolou. Com 45 minutos, Martinelli recebeu dentro da área, cortou a marcação e bateu para fora. No lance seguinte, o meia tentou de novo. Desta vez, o arremate parou no colo de João Paulo.

    Na volta do intervalo, o jogo seguiu no mesmo ritmo, ou seja, com o Fluminense dominando a posse de bola e tentando encurralar os rivais. Com três minutos, Léo Fernández cobrou falta, e Arias testou nas mãos de João Paulo. Na sequência, foi a vez de Yony González tentar. O atacante recebeu cruzamento e cabeceou a centímetros do poste.

    O Santos, por sua vez, respondeu aos 13. Marcos Leonardo aproveitou o chutão da defesa, invadiu a área e bateu cruzado, mas pelo lado.

    Os mandantes voltaram a assustar aos 18. Keno tentou a finalização da meia-lua e mandou por cima. Já aos 31, a rede balançou. Arias puxou contra-ataque pela direita e cruzou rasteiro para Cano, que se atirou na bola para abrir o placar para os cariocas.

    Na sequência, quase saiu mais um. Após bola levantada na área, Furch desviou para o alto e Nino ganhou de João Paulo no alto. Em cima da linha, Inocêncio apareceu para afastar. No escanteio, Cano pegou a sobra na direita e arrematou para a defesa do arqueiro santista.

    Nos minutos finais, o Fluminense ainda teve mais uma chance. Arias tabelou com Keno e saiu cara a cara com João Paulo, que cresceu na frente do atacante e salvou.

    O Santos, por sua vez, não teve forças para criar mais chances e, assim, tentar evitar a derrota no Maracanã.


    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas