Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Clubes da Premier League votam, e VAR será mantido; apenas um foi contra

    Proposta do Wolverhampton não foi acatada por nenhum outro clube

    Telão anuncia checagem do VAR durante partida entre Brighton e Chelsea pelo Campeonato Inglês
    Telão anuncia checagem do VAR durante partida entre Brighton e Chelsea pelo Campeonato Inglês 15/06/2024 Action Images via Reuters/Paul Childs

    Por Lori Ewing, da Reuters

    Os clubes da Premier League votaram, nesta quinta-feira (6), a favor da manutenção do árbitro assistente de vídeo (VAR), apesar da quantidade considerável de críticas na última temporada sobre o sistema de arbitragem auxiliado por tecnologia.

    A BBC informou que 19 das 20 equipes votaram a favor da manutenção do VAR, que foi usado pela primeira vez na temporada 2019/2020.

    A proposta pelo fim do VAR na Premier League havia sido sugerida pelo Wolverhampton, time dos brasileiros João Gomes e Matheus Cunha, mas não foi acatada por nenhum outro clube.

    Melhorias do VAR foram discutidas e aprovadas

    “Embora o VAR produza uma tomada de decisão mais precisa, foi acordado que melhorias devem ser feitas para o benefício do jogo e dos torcedores”, disse a Premier League em um comunicado.

    Seis áreas principais foram identificadas durante as discussões com os clubes:

    1. Manutenção de uma barra alta para intervenção do VAR
    2. Reduzir os atrasos no jogo, principalmente por meio da introdução da tecnologia semi-automatizada de detecção de impedimento (SAOT)
    3. Melhorar a experiência dos torcedores por meio da redução de atrasos e anúncios dos árbitros no estádio para explicar as mudanças de decisão pós-VAR
    4. Treinamento mais robusto em VAR para melhorar a consistência, com ênfase na velocidade e preservação da precisão
    5. Mais transparência e comunicação sobre o VAR
    6. Uma campanha de comunicação do VAR com os torcedores e as partes interessadas para esclarecer melhor o papel da tecnologia no jogo

    Tecnologia para detecção de impedimento

    A liga confirmou em abril que o SAOT será introduzido no segundo semestre de 2024 para proporcionar um posicionamento mais rápido e consistente da linha de impedimento virtual, com base no rastreamento óptico do jogador.

    A liga e a Professional Game Match Officials Ltd. (PGMOL), responsável pela arbitragem na Inglaterra, disseram que continuarão a fazer lobby junto ao International Football Association Board (IFAB) a fim de permitir maior flexibilidade para permitir a transmissão de vídeo e áudio ao vivo durante as análises do VAR.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas