Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Joia de 16 anos marca, e Palmeiras vence Liverpool-URU de virada pela Libertadores

    Estevão foi titular e fez seu primeiro gol como profissional

    Estevão comemora primeiro gol como profissional pelo Palmeiras
    Estevão comemora primeiro gol como profissional pelo Palmeiras Alexandre Schneider/Getty Images

    Brenno Costada ItatiaiaLuccas Oliveirada CNN

    Nova joia do Palmeiras, o atacante Estevão, de 16 anos, marcou seu primeiro gol como profissional, nesta quinta-feira (11), na vitória por 3 a 1 sobre o Liverpool-URU, pelo grupo F da Copa Libertadores da América.

    Foi o terceiro da virada do Verdão no Allianz Parque, de cabeça, aproveitando assistência de Raphael Veiga — o meia deu passe para os três gols dos donos da casa.

    O placar foi aberto pelos visitantes logo aos 8 minutos, com Jean Rosso pegando rebote de Weverton. O empate veio com Anibal Moreno aos 49 da etapa inicial, e Flaco López, artilheiro do ano, virou aos 12 da etapa final, antes do gol de Estevão, que foi titular.

    É a primeira vitória do Palmeiras na atual edição da Libertadores, chegando a 4 pontos em dois jogos e assumindo a liderança do grupo F.

    Vote na enquete A Maior Torcida do Brasil

     

    Como fica a classificação

    Com o placar de 3 a 1, na primeira vitória do time na competição, a equipe de Abel Ferreira chega aos quatro pontos e assume a liderança do grupo F. O Independiente Del Valle tem a mesma pontuação, mas marcou dois gols a menos (4 x 2) e, por isso, fica na segunda posição.

    O Liverpool, por sua vez, está no terceiro lugar, com um ponto, seguido do San Lorenzo, que fica na lanterna por ter marcado um gol a menos (2 x 1).

    Próximos jogos

    O Palmeiras passa a se concentrar no início da luta pelo tricampeonato consecutivo na Série A do Campeonato Brasileiro.

    A equipe estreia na competição, neste domingo (14), às 18h30 (de Brasília), diante do Vitória, no estádio Barradão, em Salvador.

    Na Libertadores, o Alviverde volta a jogar contra o Independiente de Valle-EQU, no próximo dia 24, às 21h30 (de Brasília), no estádio Banco Guayaquil.

    O jogo

    O técnico Abel Ferreira decidiu mexer em quatro jogadores do time titular. Com desgaste físico, o lateral Mayke e o atacante Endrick começaram o jogo no banco de reservas e foram substituídos por Marcos Rocha e Estêvão, respectivamente.

    Já o meio-campista Zé Rafael apresentou um quadro de virose e ficou de fora da partida. Richard Ríos foi acionado. Por fim, o atacante Lázaro saiu da equipe por opção para a entrada de Luis Guilherme.

    Sem que qualquer uma dessas alterações pudessem ser testadas, o Palmeiras sofreu um gol logo aos dois minutos.

    Depois da cobrança de falta defendida por Weverton, a bola sobrou para Rosso, que completou para o gol. O assistente marcou impedimento, mas, depois da checagem do VAR, o lance foi validado.

    Tecnicamente ruim

    Atrás no placar, o Palmeiras tentou correr atrás do prejuízo, mas fez um primeiro tempo tecnicamente ruim na maior parte.

    A equipe errou passes simples, inversões de bola e finalizações. Ainda assim, foi o Alviverde quem mais buscou o gol e perdeu chances com Ríos, Raphael Veiga e Flaco López.

    No primeiro jogo da carreira na Libertadores e logo como titular, Estêvão, de apenas 16 anos, foi o jogador que mais tentou no setor ofensivo. Na ponta direita, ele se movimentou, driblou, passou e também tentou finalizar.

    O empate alviverde

    Mas, com a bola rolando, os constantes erros travaram uma reação do Palmeiras. O jeito, então, foi buscar a igualdade em uma jogada de bola parada no apagar das luzes.

    Aos 49 minutos, Raphael Veiga cobrou um escanteio na cabeça de Aníbal Moreno, que mandou direto para o gol. Foi o segundo tento seguido do argentino, que também marcou o gol do título paulista no domingo passado (7).

    No último lance da primeira etapa, o Palmeiras quase conseguiu fazer o segundo gol. Flaco López tentou dois chutes. No primeiro, foi bloqueado. No segundo, o defensor tirou em cima da linha.

    Segundo tempo

    O Palmeiras voltou do segundo tempo disposto a virar o placar rapidamente. Com menos erros de passe e mais intenso na movimentação, o time deixou para trás o primeiro tempo instável e chegou logo ao segundo gol.

    Depois de uma longa troca de passes, Raphael Veiga deu a segunda assistência no jogo. Dessa vez, o lançamento foi direto para o artilheiro Flaco López, que só tocou na bola para fazer o 11º gol na temporada em 18 jogos.

    Estêvão brilha

    O Palmeiras aumentou a velocidade e partiu para definir o jogo no talento de Estêvão. O jogador tentou por duas vezes, mas parou no goleiro rival.

    Na terceira, aos 20 minutos, Raphael Veiga tirou a terceira assistência da cartola e colocou a bola na cabeça do jovem atacante, que o primeiro dele como profissional logo na estreia da Libertadores.

    Estêvão se virou para a torcida, beijo o escudo e foi ovacionado pelo Allianz Parque. Em seguida à comemoração, foi substituído por Mayke e ouviu o som do nome gritado em coro ser amplificado.

    Se o Palmeiras perderá Endrick para o Real Madrid a partir de julho, já pode sonhar com um substituto caseiro.

    Palmeiras 3 x 1 Liverpool-URU

    Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez (Vaderlan); Aníbal Moreno (Gabriel Menino), Richard Ríos, Estêvão (Mayke), Raphael Veiga e Luis Guilherme (Rony); López (Endrick). Técnico: Abel Ferreira.

    Liverpool-URU: Lentinelly; Amaro, Rosso, Matías de Los Santos, Cayetano (Bregante) e Samudio (Ignacio Rodríguez); Lucas Lemos, Barrios (Diego Rodríguez) e Diego García (Augustín González); Luciano Rodríguez e Ocampo (Franco Nicola). Técnico: Emiliano Alfaro.

    Gols: Aníbal Moreno (49min1ºT), López (12min2ºT) e Estêvão (20min2ºT), do Palmeiras; Rosso (2min1ºT), do Liverpool.

    Cartões amarelos: López, Aníbal Moreno (Palmeiras); Samudio, Diego García, Cayetano, Ocampo, Ignacio Rodríguez (Liverpool).

    Público: 28.365 pessoas.

    Renda: R$ 2.8220.210,00.

    Motivo: segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

    Data e horário: 11 de abril de 2024, às 21h (de Brasília).

    Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP).

    Árbitro: Angel Arteaga (Venezuela).

    Auxiliares: Antoni García e Tulio Moreno (Venezuela).

    Árbitro de vídeo: Benjamin Saravia (Venezuela).

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original