Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Brasileirão: Inter vence América-MG de virada e entra no G6

    Terceira vitória seguida do Colorado; Coelho segue na zona de rebaixamento

    Jogadores do Inter comemoram vitória contra o América Mineiro
    Jogadores do Inter comemoram vitória contra o América Mineiro Alessandra Torres/Agif/Gazeta Press

    Rodrigo Morelda CNNPedro Leiteda Itatiaia

    Em Belo Horizonte, o Internacional venceu o América Mineiro, de virada, pelo placar de 2 a 1 em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão. No Independência, na noite deste domingo (25), Jean Dias e Alemão marcaram para o Colorado. Juninho abriu o placar para os donos da casa.

    A vitória faz com que o Inter entre no G-6 do Campeonato Brasileiro com 20 pontos. O Coelho segue na zona de rebaixamento com apenas oito pontos conquistados.

    Como foi o jogo

    O América começou melhor em relação ao Internacional. Logo aos três minutos, o atacante Felipe Azevedo encontrou Breno livre na entrada da área. O meia arriscou uma finalização, mas mandou para fora.

    Posteriormente, aos 13 minutos, uma chance mais clara – novamente com Azevedo. O extremo fintou pela esquerda e chutou de longe. O goleiro John, em dois tempos, buscou a bola no ângulo.

    Logo depois, aos 14 minutos, o atacante Everaldo puxou contra-ataque para o América e saiu mano a mano com o zagueiro Nicolás Hernández, que era o último defensor do Inter na jogada. O Colorado fez falta e foi punido com cartão amarelo. O árbitro Flávio Rodrigues de Souza foi chamado pelo VAR para analisar uma possível expulsão no lance. Porém, mesmo após ver o vídeo, o juiz manteve a marcação e não aplicou o vermelho.

    Ainda que não tivesse visto Nicolás Hernández ser expulso, o América tinha falta perigosa para bater. Aos 18 minutos, o centroavante Aloísio assumiu a cobrança e acertou a barreira. No rebote, a bola sobrou nos pés do volante Juninho, que ajeitou o corpo e finalizou rasteiro, sem chances para John: 1 a 0.

    Com o gol sofrido, o Internacional buscou assumir o controle das ações na partida, porém, o América não deixava o adversário criar grandes oportunidades. A chance de maior perigo do Colorado veio apenas aos 41 minutos, em falta na entrada da área. O atacante Jean Dias finalizou, a bola resvalou na barreira e foi sobre o gol de Matheus Cavichioli.

    O segundo tempo começou da mesma forma em que terminou o primeiro: o Inter dominava as ações com a bola, enquanto o América buscava ligações diretas. Aos 15 minutos, o Coelho teve boa oportunidade de ampliar o placar. Em bate rebate após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Breno, que finalizou forte, de primeira, mas em cima de John.

    Pouco depois, aos 17 minutos, o Inter chegou com perigo em jogada do atacante Wanderson, que fintou pela esquerda e cruzou para a área. O volante Johnny recebeu a bola, dominou no peito e chutou cruzado. Embaixo da trave, o atacante Jean Dias só teve o trabalho de empurrar, de letra, e empatar o confronto: 1 a 1.

    Com o gol, o Internacional se sentiu mais confortável em campo. Aos 40 minutos, o centroavante Alemão ganhou de cabeça da defesa americana e tabelou com Wanderson. O atacante Colorado ganhou na velocidade do lateral-direito Marcinho e deslocou o goleiro Matheus Cavichioli: 2 a 1, de virada.

    América 1 x 2 Internacional

    América-MG: Matheus Cavichioli; Marcinho, Maidana, Wanderson e Danilo Avelar; Lucas Kal, Juninho e Breno (Benítez); Felipe Azevedo (Rodrigo Varanda), Everaldo e Aloísio (Wellington Paulista).

    Técnico: Vagner Mancini.

    Internacional: Jhon; Igor Gomes, Rodrigo Moledo, Nico Hernández e Renê; Rômulo, Jhonny e Wanderson; Pedro Henrique (Alemão), Jean Dias (Gabriel Barros) e Luiz Adriano (Campanharo).

    Técnico: Mano Menezes.