Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Intérprete de mascote do Internacional é indiciado por importunação sexual

    Homem foi alvo de inquérito que investigou duas acusações durante o clássico GreNal no dia 25 de fevereiro, no estádio Beira-Rio

    Homem que interpretava o Saci foi afastado das atividades de mascote
    Homem que interpretava o Saci foi afastado das atividades de mascote Ricardo Duarte/Internacional

    Lucas Sanchesda Itatiaia

    O intérprete do Saci, mascote do Internacional, foi indiciado por importunação sexual. Nesta quinta-feira (14), a Polícia Civil do Rio Grande do Sul anunciou a conclusão do inquérito, que levou ao indiciamento por importunação contra duas vítimas. O homem tem 30 anos e não teve a identidade revelada.

    O caso aconteceu no dia 25 de fevereiro, durante o clássico GreNal no estádio Beira-Rio, pelo Campeonato Gaúcho. A repórter Gisele Kümpel, do canal Monumental, foi uma das vítimas e registrou boletim de ocorrência logo após a partida.

    Em contato com a Itatiaia, a comunicadora contou que o comportamento do homem estava inoportuno desde o início da partida. Segundo Gisele, ele o abraçou e, mesmo fantasiado, foi possível sentir a aproximação do homem.

    “Deu o gol do Inter e ele parou do meu lado, simplesmente me abraçou, ficou abraçado em mim. Mesmo com a máscara ele empurrou minha cabeça, fez menção de dar um beijo. Consegui escutar o estalo do beijo e senti o suor dele”, desabafou Gisele, que era a única mulher à beira do campo.

    Logo após a denúncia, o homem foi afastado das funções, e o Internacional emitiu comunicado reforçando a colaboração com as investigações.

    Na investigação da Policia Civil, foram analisadas imagens de câmeras de monitoramento, além do depoimento das vítimas e do acusado. A PC-RS também concedeu medidas protetivas de urgência, solicitadas por uma das vítimas. O homem está impedido de se aproximar dela em limite de 300 metros, e também não pode manter qualquer tipo de contato.

    O crime de importunação sexual prevê pena de um a cinco anos de prisão. O processo agora vai ao Ministério Público, que pode ou não proceder com a denúncia. O homem indiciado não tem antecedentes criminais.

    O Internacional comunicou que o mascote será interpretado por uma mulher. 


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original