Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Mata-mata ou pontos corridos? Torcedor brasileiro escolhe formato preferido

    O Maior Raio-X do Torcedor mostra que sistema eliminatório ainda tem maior espaço no coração do público

    Palmeiras é o atual bicampeão brasileiro em formato de pontos corridos
    Palmeiras é o atual bicampeão brasileiro em formato de pontos corridos Cesar Greco/Palmeiras

    CNN Brasil e Itatiaia

    Apesar de estar consolidado desde 2003 como formato da Série A do Campeonato Brasileiro, o sistema de pontos corridos segue longe da preferência do público. É o que mostra O Maior Raio-X do Torcedor, pesquisa realizada pela Quaest em parceria com CNN e Itatiaia.

    De acordo com os dados coletados, o mata-mata é o melhor formato para 48% dos entrevistados, contra 39% dos pontos corridos. Curiosamente, 1% afirmou que escolher um ou outro depende do campeonato em disputa.

    Outra informação relevante é que a geração de 16 a 30 anos, justamente a que não viu o Brasileirão ser disputado em jogos eliminatórios ou que acompanhou poucas edições com este formato, é a que mais rechaça a disputa por regularidade: 58% desta faixa etária gosta mais do mata-mata, enquanto 33% prefere os pontos corridos.

    A outra ponta, de pessoas com pelo menos 51 anos, vai pelo caminho contrário: 34% preferem partidas eliminatórias, enquanto 48% mostram melhor aceitação pela disputa por pontos.

    A faixa intermediária, de 31 a 50 anos, é mais uma que tem preferência pelo mata-mata, resposta de 51% dos entrevistados. Já os pontos corridos são o melhor formato para 36%. Em todos os recortes, 1% diz que a escolha depende da competição.

    Metodologia

    A pesquisa O Maior Raio-X do Torcedor ouviu 6.373 pessoas no total, sendo 5.023 entrevistas aprofundadas com torcedores de 278 cidades e 714 jovens de 7 a 15 anos. A coleta foi realizada entre 27 de abril e 1º de maio de 2024, por meio de entrevistas face a face com questionários estruturados.

    A margem de erro estimada é de 1,4 ponto percentual, com nível de confiabilidade de 95%.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas