Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mundial de Clubes terá 32 equipes em 2025, diz presidente da Fifa

    Gianni Infantino disse que o torneio, que atualmente envolve sete equipes, será realizado a cada quatro anos e aumentará ainda mais as receitas do órgão esportivo global

    Presidente da Fifa Gianni Infantino
    Presidente da Fifa Gianni Infantino 16/12/2022 REUTERS/Gareth Bumstead

    Branko Filipovicda Reuters

    O Mundial de Clubes de 2025 contará com 32 equipes, tornando o formato semelhante ao da Copa do Mundo, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino, nesta sexta-feira (16).

    Ele disse que o torneio, que atualmente envolve sete equipes, será realizado a cada quatro anos e aumentará ainda mais as receitas do órgão esportivo global.

    Atualmente, as melhores equipes de todas as competições continentais, bem como o campeão nacional do país-sede, lutam pelo título do Mundial de Clubes. Infantino disse que as vagas para as 32 equipes ainda não foram decididas.

    Ele disse que a Fifa espera receitas de US$ 11 bilhões para o período de quatro anos entre 2022 e 2026, mas isso não inclui o novo formato do Mundial de Clubes em 2025.

    “Esse valor de 11 bilhões é sem o Mundial de Clubes (em 2025). Ao final dos quatro anos, teremos ainda mais receitas”, disse Infantino em entrevista coletiva.

    A Copa do Mundo de 2026 será sediada pelos Estados Unidos, Canadá e México.

    Infantino disse que vale a pena revisitar a ideia inicial de ter 16 grupos de três times cada no torneio expandido de 48 times, com 12 grupos de quatro também sendo uma possibilidade.

    Nesse cenário, os dois primeiros colocados de cada grupo se classificam, assim como os oito melhores terceiros colocados dos grupos, avançando para a primeira fase eliminatória de 32.

    Os anfitriões da Copa do Mundo de 2030, bem como da Copa do Mundo Feminina de 2027, seriam anunciados em 2024.

    Fifa anuncia Mundial com Flamengo e Real Madrid para fevereiro no Marrocos

    A Fifa enfim detalhou, nesta sexta-feira (16), a data e local do Mundial de Clubes que terá entre os concorrentes o Flamengo, atual campeão da Libertadores, e o Real Madrid, vencedor da última Champions League.

    O torneio acontecerá entre os dias 1 e 11 de fevereiro do ano que vem, no Marrocos.

    Tradicionalmente, o Mundial aconteceria neste mês de dezembro, mas, pela realização atípica de uma Copa do Mundo no fim do ano, precisou ser postergado.

    A decisão foi tomada pelo Conselho da FIFA após uma reunião nesta sexta e comunicada pelo presidente da entidade, Gianni Infantino, em uma coletiva de imprensa.

    O Flamengo já espera por novas mudanças, já que a Conmebol havia agendado a disputa da Recopa Sul-Americana, entre o Rubro-Negro e o Independiente del Valle, para os dias 8 e 15 de fevereiro.

    O Mundial de 2022, que será disputado em fevereiro de 2023, aguarda apenas o representante da Ásia para completar a lista dos sete times que competirão entre si.

    Entre os confirmados, além do Flamengo e do Real Madrid, campeões da Libertadores e Champions League, estão o representante da Concacaf, Seattle Sounders, que venceu a última Concachampions, e o Auckland City, que conquistou a Liga dos Campeões da Oceania.

    O campeão nacional do país sede também possui uma vaga garantida para o Mundial. Porém, neste caso do Marrocos, o campeão nacional, Wydad Casablanca, também é o campeão continental pela vitória da Champions da África.

    Dessa forma, a vaga reservada à África será repassada ao vice-campeão africano, o egípcio Al-Ahly.