Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Olimpíadas 2020 dia #14: Dia decisivo por recorde de pódios do Brasil

    Brasileiros são candidatos a medalha na final dos 400m com barreiras, do salto com vara e na vela. Isaquias busca hoje quarta medalha olímpica na canoagem

    Douglas Vieira e Marcelo Tuvuca, colaboração para CNN; Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

     O Brasil começa a jornada olímpica que se inicia na noite desta segunda-feira (2) e invade a madrugada de terça (3) de olho em três finais — duas no atletismo, nos 400m com barreira e no salto com vara, e na regata final da classe 49r FXm, na vela

    Isaquias Queiroz também pode passar à final na canoagem e garantir medalha na competição em duplas. Ele e Jack Godmann entram na raia para a partir das 21h44 para a disputa da semifinal. Se passarem, a final ocorre pouco depois, às 23h53.

    As boas possibilidades de medalha do Brasil podem deixar a delegação bem perto de superar, nas Olimpíadas de 2020, os 19 pódios conquistados no Rio, em 2016, melhor resultado do país na história. 

    Alison dos Santos sorri após passar à final dos 400m com barreiras em Tóquio
    Alison dos Santos celebra a classificação à final dos 400 metros com barreiras das Olimpíadas de Tóquio
    Foto: AP Photo/Martin Meissner

    Piu chega forte à final dos 400m com barreiras

    Aos 21 anos, Alison dos Santos, ou Piu, seu apelido, chegou a Tóquio como principal aposta para uma medalha brasileira no atletismo e conseguiu confirmar o bom momento. 

    Tanto na bateria de estreia como na semifinal, o atleta conseguiu se poupar e tirar o pé nos metros finais. Ainda assim, ele se classificou com o segundo melhor tempo para a final, concluindo a bateria em 47s31. 

    A disputa está marcada para o início da madrugada de terça (3/8), à 0h20.

    Thiago Braz tenta nova medalha no salto com vara

    No atletismo, Thiago Braz, campeão do salto com vara na Rio-2016, busca no Estádio Nacional de Tóquio a sua segunda medalha na modalidade. Para chegar à final, Thiago saltou 5,75m, mesma marca de 11 dos 14 classificados à final — três saltadores pararam em 5,65m.

    Porém, embora tenha chegado ao Japão com a moral de quem é o atual dono do recorde olímpico, com 6,03m, Thiago está entre os candidatos ao pódio, mas não é o favorito ao ouro. Este lugar é do sueco Armand Duplantis, de 21 anos, dono da melhor marca do mundo, com 6.15m. Na atual temporada, o melhor resultado do brasileiro, atual número 7 do ranking mundial, é de 5,82m.

    A final está marcada para terça (3/8), às 7h20. 

    Thiago Braz foi à final do salto com vara nas Olimpíadas
    Thiago Braz foi à final do salto com vara nas Olimpíadas
    Foto: Wander Roberto/COB

    Martine e Kahena têm chances reais de ouro

    As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze, que competem na classe 49er FX, velejam na “medal race” em busca de repetir o desempenho da Rio-2016 e conquistar o bicampeonato olímpico.

    As brasileiras chegam na última regata com 70 pontos perdidos, o mesmo que as holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz. Fortes concorrentes, as alemãs Tina Lutz e Susann Beucke já perderam 73 pontos. Quem terminar a prova com menos pontos perdidos ficará com a medalha de ouro.

    A regata começa à 0h33 desta terça (3/8).

    Martine Grael e Kahena Kunze disputam medal race em busca do bi olímpico
    Martine Grael e Kahena Kunze disputam medal race em busca do bi olímpico
    Foto: Bernat Armangue – 30.ju.2021/AP

    Isaquias Queiroz tenta hoje sua quarta medalha

    Isaquias Queiroz, uma das grandes figuras dos Jogos do Rio de Janeiro quando se tornou o único brasileiro a conquistar três medalhas numa só edição olímpica, entra na raia olímpica hoje (2), a partir das 21h44, para a semifinal da competição por duplas na canoagem. 

    A competição prossegue na noite desta segunda-feira (no horário brasileiro) com as semifinais a partir das 21h44 e a grande final às 23h53.

    Jacky Godmann e Isaquias Queiroz nas eliminatórias da canoagem em Tóquio
    Jacky Godmann e Isaquias Queiroz nas eliminatórias da canoagem em Tóquio
    Foto: Lee Jin-man/AP

    Brasil reencontra México no futebol

    A seleção brasileira de futebol enfrenta na terça-feira (3), às 5h (horário de Brasília), o México pela semifinal do torneio masculino de futebol das Olimpíadas 2020. O vencedor da partida, marcada para o Estádio de Kashima, jogará a decisão olímpica contra o vencedor do confronto entre Espanha e Japão, que fazem a outra semifinal do torneio no Estádio de Saitama, às 8h.

    O Brasil é o atual campeão olímpico da modalidade, mas na última vez que jogou contra os mexicanos em Olimpíadas, na final dos Jogos de Londres, em 2012, os brasileiros foram derrotados por 2 a 1 e terminaram com a prata.

    Artilheiro das Olimpíadas, Richarlison é esperança de gols do futebol brasileiro
    Artilheiro das Olimpíadas, Richarlison é esperança de gols no mata-mata dos Jogos
    Foto: Kiichiro Sato – 22.jul.2021/AP

    Brasil é favorito contra o Japão no vôlei masculino

    O time do Brasil oscilou bastante na fase de classificação e traz no retrospecto de Tóquio vitórias por placares apertados e jogos decididos no tie break contra Argentina e França — e uma derrota por 3 sets a 0 contra a Rússia. Mas, contra o Japão, a equipe treinada por Renan Dal Zotto entra como grande favorita a passar à semifinal.

    Wallace e Lucarelli durante partida entre Brasil e EUA nas Olimpíadas 2020
    Wallace e Lucarelli durante partida entre Brasil e Estados Unidos no vôlei das Olimpíadas 2020
    Foto: Manu Fernandez – 30.JUL.2021/AP

    A volta de Simone Biles

    A ginasta norte-americana Simone Biles, uma das estrelas das Olimpíadas de 2020, foi inscrita na final individual da trave, com disputa marcada para a terça-feira (3), às 5h50 (horário de Brasília).

    Essa deve ser a primeira final em que Biles competirá em Tóquio depois de se retirar da final por equipes e de abrir mão de participar da final individual geral, do salto, das barras assimétricas e do solo para preservar sua saúde mental.

    Ginasta dos EUA Simone Biles com os braços para o alto após finalizar exercício
    Simone Biles confirma retorno à competição na final da trave na ginástica artística
    Foto: Laurence Griffiths/Getty Images

    Aqui tem Brasil

    21H00 – Atletismo M Salto Triplo – classificatório (Alexsandro Melo, Mateus De Sá, Almir Dos Santos)

    21H16 – Atletismo M 1.500m – classificatório (Thiago André)

    21H20 – Atletismo F Arremesso de Dardo – classificatório (Jucilene De Lima, Laila Ferrer)

    21H52 – Canoagem C-2 1000m – semifinal (Isaquias/Jacky)

    22H00 – Vôlei de Praia F – quartas de final – Ana Patricia/Rebecca x A. Verge-Depre/Heidrich (Suíça)

    22H01 – Atletismo F 400m – classificatório (Tiffani Marinho)

    23H05 – Atletismo M 200m – classificatório (Jorge Vides, Aldemir Junior, Lucas Vilar)

    23H30 – Luta Olímpica F 62kg – oitavas de final – Lais Nunes x Taybe Mustafa Yusein (Bulgária)

    00H20 – Atletismo M 400m Barreiras – final (Alison Dos Santos)

    00H30 – Vela 49er – medal race (Martine Grael/Kahena Kunze)

    1H00 – Vôlei M – quartas de final – Brasil X Japão

    3H33 – Vela Mista Nacra 17 – medal race (Samuel/Gabriela)

    5H00 – Futebol M – semifinal- Brasil X México

    5H00 – Boxe F até 60 kg – quartas de final – Bia Ferreira x Raykhona Kodirova (Uzbequistão)

    5H50 – Ginástica Feminina Trave – final (Flávia Saraiva)

    6H18 – Boxe M até 63 kg – quartas de final – Wanderson de Oliveira x Andy Cruz (Cuba)

    6H50 – Boxe M até 91 kg – semifinal – Abner Teixeira x Julio La Cruz (Cuba)

    7H00 – Hipismo Salto Individual- classificatório (Yuri Mansur, Marlon Zanotelli)

    7H10 – Atletismo M 110m Barreiras- classificatório (Gabriel Constantino, Rafael Pereira, Eduardo Rodrigues)

    7H15 – Atletismo M Arremesso de Peso – classificatório (Darlan Romani)

    7H20 – Atletismo M Salto com Vara – final (Thiago Braz)

    Aqui vale medalha

    22H50 – Atletismo F Salto em Distância

    23H53 – Canoagem C-2 1000m 

    00H20 – Atletismo M 400m Barreiras

    00H30 – Vela 49er

    1H05 – Boxe F até 57 kg 

    2H33 – Vela M Finn

    3H33 – Vela Mista Nacra 17

    5H00 – Ginástica Masculina Barras Paralelas

    5H50 – Ginástica Feminina Trave 

    6H15 em diante – Lutas (greco-romana 77kg, greco-romana 97kg, olímpica 68kg)

    6H39 – Ginástica Masculina Barra Fixa 

    7H05 – Boxe M até 69 kg

    7H20 – Atletismo M Salto com Vara 

    7H50 – Levantamento de Peso M 109 kg

    8H35 – Atletismo F Lançamento de Martelo

    9H25 – Atletismo F 800m

    9H50 – Atletismo F 200m