Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    América-MG e Red Bull Bragantino empatam em jogo de ida das oitavas da Sul-Americana

    Massa Bruta saiu na frente, mas o Coelho conseguiu buscar o empate no segundo tempo

    As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (10) pelo jogo de volta das oitavas
    As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (10) pelo jogo de volta das oitavas Reprodução/Twitter Sudamericana BR

    Larissa Ricci

    Em má fase, o América-MG empatou com o Red Bull Bragantino por 1 a 1, nesta quinta-feira (3), em jogo válido pela ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O Massa Bruta saiu à frente no Independência, em Belo Horizonte, com gol contra do zagueiro Éder, do Coelho.

    No segundo tempo, o Alviverde empatou com o atacante Gonzalo Mastriani. Com o resultado, a equipe que conseguir uma vitória simples no jogo de volta garante a vaga nas quartas de final da Sul-Americana. Em caso de novo empate, o confronto será decidido nos pênaltis.

    A partida de volta já está marcada para às 21h da próxima quinta-feira (10), na Neo Química Arena, estádio do Corinthians em São Paulo.

    Próximos compromissos das equipes

    O América volta a campo no próximo domingo (6), às 18h30 (de Brasília). O adversário será o Bahia, na Fonte Nova, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Bragantino enfrenta o Coritiba, no mesmo dia e horário, em Curitiba, também pelo Brasileirão.

    Equipes trocam chances

    América-MG e Red Bull Bragantino começaram o jogo se estudando. Os visitantes tinham mais a posse de bola, mas encontravam dificuldades em criar chances. O Massa Bruta levava perigo na bola aérea. Matheus Gonçalves, do Braga, assustou em chute de fora da área.

    O Coelho respondeu em jogadas de transição rápida. A primeira chance foi com Matheusinho, que finalizou para boa defesa do goleiro Cleiton. Depois, também em contra-ataque, Breno recebeu bom passe de Matheusinho e bateu com efeito, mas saiu à esquerda do gol defendido por Cleiton.

    América melhora

    O tom da partida mudou depois das chances iniciais. O América passou a ter mais presença no ataque e ficar mais próximo ao gol adversário. Apesar de não criar uma grande chance, oferecia perigo em chegadas rápidas.O Bragantino perdeu o ímpeto de ataque e encontrava dificuldades até em reter a posse de bola.

    O Massa Bruta não conseguia trocar muitos passes no campo ofensivo, sempre pressionado pelo Coelho. Como alternativa, tentou os lançamentos longos, que foram pouco produtivos.

    Quando a fase é ruim…

    O América-MG era melhor no jogo, mas a fase não é boa. Em uma das raras chegadas do Red Bull Bragantino na reta final do primeiro tempo, Lucas Evangelista lançou Luan Cândido pela esquerda. O lateral levantou a cabeça e cruzou rasteiro na área. O zagueiro Éder, do América, deu um carrinho na bola e empurrou a bola contra as próprias redes: 1 a 0.

    Enfim, o empate

    Após erros consecutivos, a sorte virou para o lado alviverde no segundo tempo. Em escanteio cobrado pela direita, Rodriguinho tocou curto para Martínez. O meia argentino cruzou para a área e encontrou o Gonzalo Mastriani. O centroavante uruguaio cabeceou e assistiu a bola bater na trave antes de entrar: 1 a 1.

    América x Bragantino

    América: Mateus Pasinato; Rodriguinho, Júlio, Éder e Marlon (Nicolas); Lucas Kal (Gonzalo Mastriani), Juninho, Breno (Emmanuel Martínez) e Javier Méndez; Matheusinho (Rodrigo Varanda) e Renato Marques (Pedrinho). Técnico: Vagner Mancini.

    Colo-Colo: Cleiton; Andres Hurtado, Léo Ortiz, Natan (Luan Patrick), Luan Cândido (Sorriso) e Juninho Capixaba; Matheus Fernandes (Yani Quintero), Lucas Evangelista e Gustavinho (Bruninho); Eduardo Sasha (Vitinho) e Thiago Borbas. Técnico: Pedro Caixinha.

    Gols: Mastriani (aos 28’/2ºT), para o América-MG; Éder (contra, aos 41’/1ºT), para o Red Bull Bragantino

    Cartões amarelos: Juninho, Marlon e Javier Méndez (América-MG); Luan Patrick (Red Bull Bragantino)

    Motivo: jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana

    Data e horário: quinta-feira, 3 de agosto de 2023, às 21h (de Brasília)

    Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte

    Árbitro: Gery Vargas (BOL)

    Assistentes: José Antelo (BOL) e Edward Saavedra Vargas (BOL)

    Árbitro de vídeo: German Delfino (ARG)

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original