Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Carpini reage à situação no São Paulo após nova derrota; diretoria se cala

    Treinador diz que não conversou com gestores do clube depois de perder para Flamengo e se vê respaldado enquanto não for ‘comunicado de nada’

    Carpini durante a derrota para o Flamengo
    Carpini durante a derrota para o Flamengo Rubens Chiri / São Paulo

    Brenno Costada Itatiaia

    Em situação cada vez mais delicada no São Paulo, o técnico Thiago Carpini avaliou o momento no clube após a derrota por 2 a 1 para o Flamengo, nesta quarta-feira (17), pela segunda rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Demonstrando abatimento, o técnico afirmou que, enquanto não for comunicado de nada, continuará se sentindo respaldado para seguir no comando do time.

    “Enquanto eu não for comunicado de nada, me sinto respaldado. Na verdade, tudo que a gente ouve é especulação. Claro que há insatisfação por parte do torcedor e isso é compreensível. Mas, são coisas da imprensa, tentando descobrir o que acontece, se é ou se não é”, declarou.

    Thiago Carpini ainda afirmou que não conversou com nenhum membro da diretoria do São Paulo, após a segunda derrota seguida no Brasileirão. Estiveram presentes no Maracanã o diretor de futebol Carlos Belmonte, o executivo Rui Costa e o presidente Julio Casares.

    “Não conversei com presidente, com executivo (sobre possível saída). Ele estiveram no vestiário cumprimentando a mim e aos jogadores, como sempre fazem”, garantiu.

    Antes da entrevista coletiva do técnico, toda a cúpula tricolor passou pelos corredores do estádio em silêncio e não conversou com a imprensa, aumentando ainda mais a pressão sobre o comandante de 39 anos.

    Carpini está no São Paulo há 18 partidas. São sete vitórias, seis empates e cinco derrotas, com um aproveitamento de 50%. Foram 26 gols marcados e 19 gols sofridos.

    O treinador chego ao clube em janeiro para substituir o técnico Dorival Júnior, que assumiu a Seleção Brasileira. No ínicio empolgou, com a conquista da Supercopa Rei e quebra de tabu ao vencer o Corinthians na Neo Química Arena, mas, depois, a equipe caiu de desempenho e a pressão aumenta desde a eliminação precoce nas quartas de final do Campeonato Paulista.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas