Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Jogador do Manchester City disse a suposta vítima de estupro que “transou com dez mil mulheres”

    Lateral Benjamin Mendy está sendo julgado na Inglaterra por agressões sexuais a duas pessoas

    Benjamin Mendy chega a uma das sessões de seu julgamento na Inglaterra, na segunda-feira (26)
    Benjamin Mendy chega a uma das sessões de seu julgamento na Inglaterra, na segunda-feira (26) Peter Byrne/PA Images via Getty Images

    Da CNN

    Lateral do Manchester City, Benjamin Mendy está sendo julgado por acusações de estupro a duas mulheres na Inglaterra. Em depoimento, uma das supostas vítimas relatou que o francês falou, durante o abuso: “está tudo bem, eu fiz sexo com dez mil mulheres”.

    O francês de 28 anos não atua desde agosto de 2021, quando o caso veio à tona. Os detalhes do julgamento foram divulgados pela rede britânica BBC nesta quinta-feira (29).

    O suposto ataque em questão teria acontecido em outubro de 2020, na mansão de Mendy no condado de Cheshire, avaliada em 4 milhões de libras. A mulher tinha 24 anos, na época.

    Segundo a suposta vítima, ela estava com amigas num bar próximo à mansão de Mendy quando o grupo foi convidado para seguir a noite na casa do jogador.

    Aviso: o conteúdo abaixo contém linguagem forte e relatos de abuso sexual. Pode servir como gatilho

    Em certo ponto, o lateral teria pego o celular dela, que tinha fotos íntimas, e a trancou no quarto enquanto ela pedia para ter o aparelho de volta. Advogado de acusação, Benjamin Aina contou ao júri que, neste momento, Mendy pediu para a mulher ficar nua.

    Ela teria obedecido parcialmente, e manteve as roupas íntimas. Neste momento, o jogador atirou o celular da mulher na cama. Ao tentar buscar o aparelho, a vítima foi agarrada pelas costas por Mendy e violentada sexualmente, apesar de afirmar que não queria fazer sexo.

    Ainda segundo o advogado, em certo ponto, Mendy recuou e afirmou que a suposta vítima era “muito tímida”. Foi neste momento em que ele teria dito “está tudo bem, eu fiz sexo com dez mil mulheres”.

    Mendy foi absolvido em outra julgamento

    Ele ainda é acusado de tentar estuprar outra mulher, então com 29 anos, também na mesma casa. Mendy nega as acusações e afirma que as relações foram consensuais.

    Esta não é a primeira vez que o francês enfrenta um julgamento por agressões sexuais. Em janeiro deste ano, ele foi considerado inocente na acusação de uma outra mulher.

    O juiz pediu para os integrantes do júri não pesquisarem detalhes do caso anterior, e levar em consideração apenas as evidências e depoimentos exibidos no tribunal.

    O julgamento segue em andamento na Inglaterra.

    Mendy chegou ao Manchester City em 2017, após boa temporada pelo Monaco. Ao todo, ele fez 75 jogos pelo clube inglês, e esteve com a seleção da França na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

    (Publicado por Luccas Oliveira)