Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Lituano quebra recorde mundial masculino mais longo do atletismo

    Lançador de disco Mykolas Alekna fez arremesso de 74,35 metros, superando o alemão Jurgen Schult em 1986

    Mykolas Alekna quebrou um recorde que já durava quase quatro décadas
    Mykolas Alekna quebrou um recorde que já durava quase quatro décadas Patrick Smith/Getty Images

    Martynas Ruseckasda CNN

    O lançador de disco Mykolas Alekna, da Lituânia, quebrou um recorde mundial que já durava quase quatro décadas no Oklahoma Throws Series World Invitational em Ramona, nos Estados Unidos, no domingo (14).

    O lançamento de 74,35 metros do lituano superou o de Jurgen Schult em 1986, quando o alemão fez um arremesso de 74,08 metros. O marco histórico de Schult foi o recorde mais longo no atletismo, de acordo com o Olympics.com.

    Segundo a World Athletics, o lançamento de Alekna foi inicialmente medido em 74,41 metros, mas posteriormente passou por revisão e aguarda ratificação.

    “É difícil entender o que acabei de fazer”, disse Alekna após sua conquista. “Eu vi os lances e sabia que poderia ser o dia, e simplesmente aconteceu”.

    Alekna chegou a Ramona ostentando o arremesso mais longo da temporada — seu recorde pessoal anterior de 71,39 metros em 6 de abril o colocou em 10º lugar na lista mundial de todos os tempos — e ele manteve esse impulso. Todas as seis tentativas dele no domingo ultrapassaram a marca dos 70 metros.

    Nascido na Lituânia em 28 de setembro de 2002, Alekna já é um dos atletas líderes na modalidade. Ele se mudou aos Estados Unidos em 2021 e, aos 20 anos, tornou-se o atleta mais jovem a lançar além dos 70 metros. Ele também é duas vezes medalhista no Campeonato Mundial e foi campeão europeu em 2022.

    Parece que a maçã não cai longe da árvore. O pai de Alekna, Virgilijus, é recordista olímpico na mesma modalidade. Virgilijus arremessou 69,89 metros em Atenas 2004. O lituano é bicampeão mundial e olímpico.

    Longa tradição de disco da Lituânia

    O recorde de Alekna é uma prova da tradição profundamente enraizada da Lituânia nesse evento de atletismo. O país tem tido um enorme sucesso com o lançamento de disco.

    Embora a história do lançamento de disco na Lituânia tenha começado em 1921, de acordo com a sua emissora nacional LRT, o país não tinha tido sucesso até Romas Ubartas se tornar campeão europeu enquanto representava a União Soviética em 1986. Dois anos depois, ele ganhou a prata nos Jogos Olímpicos de Seul.

    Após a independência da União Soviética, Ubartas se tornou o primeiro lituano a ganhar o ouro nos Jogos de Barcelona. Desde então, todas as finais de lançamento de disco nas Olimpíadas contaram com a participação de pelo menos um lituano.

    Após o colapso da União Soviética, os lançadores de disco lituanos ganharam cinco medalhas olímpicas, oito mundiais e seis medalhas em campeonatos europeus — nove delas de ouro.

    Adicione o recorde de Alekna a uma contagem impressionante de medalhas e você terá uma conquista notável para uma nação de pouco mais de três milhões de pessoas.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original