Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Na Arábia, Neymar ainda vai ter vaga na Seleção Brasileira? Domingol debate

    Apresentador Benjamin Back e os comentaristas Kleber Gladiador e Mano discutiram a situação do atacante caso a negociação com o Al-Hilal se concretize

    Neste domingo (13), o jornal francês L’Équipe informou que Neymar fechou acordo com Al-Hilal, da Arábia Saudita, por duas temporadas. No programa Domingol com Benja, o apresentador Benjamin Back e os comentaristas Kléber Gladiador e Mano debateram sobre as chances do atacante continuar na Seleção Brasileira mesmo atuando no futebol árabe.

    “Quero ver a coerência dos treinadores da Seleção, porque, vira e mexe, ouvimos que, quando o jogador está atuando em mercado secundário ou esquecido em alguma situação, ele não é mais convocado. Vamos ver se o Neymar, com tanto patrocínio, continuará com a camisa 10 e sendo convocado ou se vão esquecer”, questionou Mano.

     

    Kleber, no entanto, rebateu e acredita que o atacante vai continuar defendendo o país. “O Tite convocou jogador no mercado chinês. Já estamos vendo isso há muito tempo, quando eu estava na Ucrânia, jogador do Shakhtar Donetsk era convocado. Acho que o Neymar tem que ir, sim”, explicou.

    O programa Domingol com Benja vai ao ar todos os domingos, das 13h às 15h, com o apresentador Benjamin Back e os comentaristas Kléber Gladiador e Mano.

    Estreia na Ligue 1

    O PSG estreou no Campeonato Francês neste sábado (12), sem a presença de Neymar. Conforme informado pelo clube, o atacante ficou fora da partida por conta de uma virose. Mbappé, que estava em conflito com a diretoria, também não foi relacionado, mas foi reintegrado ao time principal neste domingo (13).

    Por outro lado, o italiano Marco Verratti, outro que está na lista de negociáveis, também ficou fora do primeiro jogo da temporada. Na partida, o PSG empatou em 0 a 0 com o Lorient.

    Al-Hilal

    Também neste sábado (12), o Al-Hilal — comandado por Jorge Jesus — decidiu o título da Copa dos Campeões Árabes diante do Al-Nassr, que saiu vitorioso do confronto. Michael, ex-Flamengo, abriu o placar do jogo. Cristiano Ronaldo entrou em ação e marcou os dois gols que decidiram o título para o Al-Nassr.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas