Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Neymar: ‘Não sei mais o que faço com essa camisa para a galera respeitar’

    Atacante disse que não recebe respeito merecido após vitória da Seleção Brasileira sobre o Peru pelas Eliminatórias da Copa

    Neymar durante partida entre Brasil e Peru pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo
    Neymar durante partida entre Brasil e Peru pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo Ricardo Moraes/Reuters

    Andrew Downieda Reuters

    no Recife

    O atacante Neymar reclamou nesta quinta-feira que não recebe o respeito que merece, após a vitória da Seleção Brasileira sobre o Peru por 2 a 0, a oitava em oito jogos do Brasil nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

    Neymar fez um gol e deu uma assistência na partida, mas foi criticado por torcedores e comentaristas por se envolver em discussões com adversários e por não repetir o desempenho que fez dele um dos melhores jogadores da sua geração.

    “Não sei mais o que faço com essa camisa para a galera respeitar o Neymar“, disse ele após a vitória em Recife.

    Ele também foi criticado após a vitória da seleção por 1 a 0 sobre o Chile na semana passada, com alguns torcedores dizendo que ele parecia estar acima do peso. Neymar levantou a camisa para mostrar seu abdômen e deixou clara sua irritação na entrevista que deu à beira do campo ao término do jogo.

    “Isso vem há muito tempo, de vocês repórteres, comentaristas e outros também. Às vezes nem gosto mais de falar em entrevistas, mas em momentos importantes venho dar meu parecer”, afirmou.

    Neymar tem tido uma relação de amor e ódio com a imprensa desde que surgiu para o futebol como um prodígio adolescente há mais de uma década.

    Muitos adoram seu inegável talento, mas outros criticam seu estilo de vida, considerando excessivamente ostentatório.

    O gol de Neymar na partida de quinta foi o 69º dele pelo Brasil e o 12º em Eliminatórias para Copa do Mundo, marca recorde na seleção.

    O Brasil lidera a Eliminatória sul-americana para o Mundial do ano que vem no Catar e praticamente já assegurou uma vaga na Copa.