Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Nike encerra contrato com Tiger Woods após 27 anos; veja

    Contrato foi encerrado nesta segunda-feira (8)

    Tiger Woods sofreu um acidente de carro em fevereiro deste ano
    Tiger Woods sofreu um acidente de carro em fevereiro deste ano Foto: Instagram/Reprodução

    Murillo Grantda CNN

    Nesta segunda-feira (8), Nike e Tiger Woods anunciaram oficialmente o fim da parceria após 27 anos. Nas redes sociais, o atleta agradeceu a marca esportiva norte-americana.

    “Há mais de 27 anos, tive a sorte de iniciar uma parceria com uma das marcas mais icônicas do mundo. Os dias, desde então, foram repletos de momentos e memórias incríveis”, escreveu.

    A Nike também se pronunciou. “Tiger, você desafiou seus concorrentes, estereótipos, convenções, o jeito “a moda antiga” de pensar. Desafiou toda a instituição do golf. Nos desafiou. E acima de tudo, a si mesmo. E por este desafio, somos gratos”, diz a publicação.

    Patrocínio

    A marca americana começou a patrocinar Tiger Woods quando o golfista tinha apenas 20 anos. Em 1996, Após vencer 3 campeonatos amadores consecutivos, Tiger teve sua estreia nos golfe profissional no “Milwaukee Open”.

    Após impressionar o público com suas tacadas, o então jovem começou uma coletiva de imprensa sem saber muito o que dizer. “I Guess, hello world, huh?” (Eu acho, olá mundo, huh?). Tiger ficou apenas em 60º lugar na ocasião, mas a frase inspirou o história comercial da Nike chamado “Hello World”, inspirado nas falas do astro.

    Em 2000, se tornou o atleta mais bem pago do mundo na época, ao fechar um contrato de 85 milhões de dólares. Ao longo dos anos de parceria, a marca americana chegou a renovar com o astro do golfe com um contrato de 10 anos, com valor aproximado de 200 milhões de dólares.

    Escândalos

    Em 2009, Woods era o número 1 do golfe quando uma revista publicou uma matéria sobre um suposto caso extraconjugal com Rachel Uchitel. Dias depois, Woods se envolveu em um acidente de carro com a sua esposa, Elin Nordegren. O caso abalou o mundo do esporte.

    “Eu fui infiel, eu tive casos e traí”, disse o golfista na época. Depois do acontecimento, o atleta procurou tratamento para pessoas viciadas em sexo.

    Em 2017, foi preso por dirigir “sob influência de drogas”. Na ocasião, o exame toxicológico apontou 5 tipos de medicamentos diferentes. Woods falou que tomava remédios para dor nas costas.

    Com tais episódios, marcas como Gatorade e AT&T quebraram seus contratos com o atleta. A única marca que manteve o vínculo foi a Nike.

    Maior da história

    Por tudo o que representa, Tiger Woods é considerado o maior golfista de todos os tempos. Nos chamados Majors, venceu o Masters 5x (1997, 2001, 2002, 2005 e 2019), US Open 3x (2000, 2002 e 2008), The Open 3x (200, 2005 e 2006) e PGA 4x (1999, 2000, 2006 e 2007).

    Foi o golfista número 1 por mais semanas consecutivas e pelo maior número total de semanas. Ganhou o prêmio de “golfista do ano” por 11 vezes. Em 2019, recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade do então presidente Donald Trump, sendo o quarto jogador de golfe a receber a homenagem.

    The Golf Brasil na CNN

    CNN Brasil amplia seu escopo da cobertura esportiva com a parceria com a “The Golf Brasil”. O projeto envolve o mundo esportivo, social e todo o lifestyle do golfe e dos seus praticantes, e estará em todas as plataformas da CNN Brasil.

    “The Golf Brasil” será um programa semanal de meia hora de duração com exibições às sextas e aos sábados, com estreia 19 de janeiro.

    O programa terá a apresentação de seu idealizador, Henrique Kirilauskas, que estará ao lado de Ricardo Fonseca, um dos mais importantes e respeitados jornalistas especializados no esporte no Brasil.

    O projeto inclui também pílulas na programação, conteúdo no site e redes sociais, além da cobertura das últimas novidades do esporte no quadro CNN Esportes, nos telejornais da CNN.

    “Trazemos o DNA, o lifestyle, do mundo dos negócios, de um ambiente familiar. Isso é o programa. Aliado a tudo isso traremos a cobertura do grandes torneios do Brasil e do mundo”, diz Kirilauskas.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas