Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Brasileiras brilham no Mundial de Esportes Aquáticos e garantem vagas nas Olimpíadas

    Ana Marcela Cunha e Viviane Jungblut carimbaram o passaporte para a disputa em Paris

    Ana Marcela Cunha e Viviane Jungblut garantiram vaga nos Jogos Olímpicos
    Ana Marcela Cunha e Viviane Jungblut garantiram vaga nos Jogos Olímpicos Foto: Divulgação/ Time Brasil

    Leonardo Parrelada Itatiaia

    Atual campeã olímpica, Ana Marcela Cunha garantiu na madrugada deste sábado (3) uma vaga nos Jogos Olímpicos de Paris-2024. A brasileira terminou a prova de 10km do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, realizado em Doha, no Catar, em quinto lugar. A também brasileira Viviane Jungblut carimbou o passaporte para a Olimpíada com a 14ª colocação.

    A holandesa Sharon Van Rouwendaal, campeã olímpica na Rio-2016, terminou no lugar mais alto do pódio ao completar a prova em 1h57min26s80. A prata ficou com a espanhola Maria de Valdes. Já a medalha de bronze foi conquistada pela portuguesa Angelica André.

    Ana Marcela fez o circuito em 1h57min31s10, enquanto Vivi fechou com 1h57min39s30.

    “Com toda certeza o objetivo foi concluído. Tive uma mudança muito grande no último ano e estar aqui, disputando a vaga, é bem importante para mim. Vou ter uma nova oportunidade de fazer história em Paris. Vou ter seis meses para dar sequência nos treinos e competições. Estou muito feliz e o Brasil vai estar muito bem representado. Quanto mais Brasil melhor. Nossa rivalidade é muito saudável. Ter duas representantes é mais chance de medalha. O mais importante é saber que a gente tá dentro”, disse Ana Marcela.

    Medalhista de ouro em Tóquio, Ana Marcela garantiu a vaga direta com a quinta colocação. A competição dava direito a 13 lugares em Paris, mas como a França, país-sede da próxima Olimpíada, colocou suas duas nadadoras no top-13, abriu mais uma, que acabou ficando com Viviane Jungblut.

    Ao longo das seis voltas de prova, Ana Marcela e Viviane Jungblut enfrentaram um mar agitado e com temperatura por volta de 20ºC no porto de Doha e escolheram poupar energia nas duas primeiras voltas do circuito de 1650 metros. Na metade da prova, Ana Marcela estava na 7ª colocação, enquanto Viviane passou na 10ª.

    Nas três voltas finais, Ana Marcela manteve o ritmo do pelotão de classificadas para os Jogos Olímpicos. Na quarta e na quinta volta, a campeã olímpica esteve no pelotão que estaria classificado para Paris 2024. Viviane foi perdendo posições, mas, assim como Ana Marcela, estará em Paris.

    Neste domingo, o Brasil será representado por Henrique Figueirinha e Pedro Farias na prova de 10km em Águas Abertas do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos.

    Já Ana Marcela, que vai disputar sua quarta Olimpíada, estará em mais duas provas em Doha, nos 5km e no revezamento 4×1.500m misto.


    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original