Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Ex-atleta paralímpico Oscar Pistorius é solto 11 anos após assassinar namorada

    Conhecido como "Blade Runner" pelas pernas protéticas de fibra de carbono, Pistorius matou a modelo de 29 anos a tiros através da porta trancada do banheiro, no Dia dos Namorados de 2013.

    Oscar Pistorius no banco dos réus antes do processo judicial no Tribunal de Magistrados de Pretória
    Oscar Pistorius no banco dos réus antes do processo judicial no Tribunal de Magistrados de Pretória Siphiwe Sibeko/Reuters (04.jun.13)

    Da Reuters

    da Reuters

    A ex-estrela paralímpica da África do Sul, Oscar Pistorius, saiu da prisão sob liberdade condicional nesta sexta-feira (5), quase 11 anos após assassinar a namorada, Reeva Steenkamp, em um crime que chocou uma nação há muito tempo acostumada com a violência contra a mulher.

    Conhecido como “Blade Runner” pelas pernas protéticas de fibra de carbono, Oscar Pistorius matou a modelo de 29 anos a tiros contra a porta trancada do banheiro, no Dia dos Namorados de 2013.

    Ele disse várias vezes que confundiu Steenkamp com um intruso quando deu quatro tiros contra a porta do banheiro em sua casa, em Pretoria, e usou esse argumento em várias tentativas de recorrer da sua condenação.

    Agora com 37 anos, Pistorius passou oito anos e meio na cadeia, além de sete meses em prisão domiciliar antes de ser sentenciado por assassinato. Um comitê de liberdade condicional decidiu em novembro de 2023 que ele pode ser libertado após cumprir mais da metade da sua sentença.

    Uma autoridade irá monitorá-lo até sua sentença expirar em dezembro de 2029. Pistorius terá que informá-la caso procure oportunidades de emprego ou mude para outro endereço.

    A imprensa local espera que ele viva na casa do tio, Arnold Pistorius, em um subúrbio rico de Pretoria.

    (Reportagem de Bhargav Acharya, da Reuters)

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas