Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Com a morte de Zagallo, apenas um jogador que participou da final da Copa de 1958 está vivo

    Primeiro brasileiro a morrer foi Garrincha, em 20 de janeiro de 1983

    Atacante sueco Kurt Hamrin (direita) durante jogo contra a União Soviética na Copa do Mundo de 1958
    Atacante sueco Kurt Hamrin (direita) durante jogo contra a União Soviética na Copa do Mundo de 1958 SCANPIX SWEDEN / AFP

    Alexandre Simõesda Itatiaia

    Com a morte de Zagallo na noite da última sexta-feira (5), no Rio de Janeiro, último titular da Seleção Brasileira na decisão da Copa de 1958 a morrer, apenas um jogador que participou da partida em que o Brasil conquistou o primeiro título mundial ainda está vivo. É o atacante sueco Kurt Hamrin, de 89 anos.

    Naquela época, as substituições eram proibidas no futebol. Por exemplo, na Copa de 1958, na semifinal entre Brasil e França, numa disputa de bola com Vavá, aos 35 minutos do primeiro tempo, quando o placar era de 1 a 1, o defensor francês Jonquet sofreu uma fratura na perna, o que facilitou muito as coisas para a equipe comandada por Vicente Feola.

    O primeiro jogador que participou da final da Copa de 1958 a falecer foi o atacante Lennart Skoglund, da Suécia, em 8 de julho de 1975. Depois dele, morreu o brasileiro Garrincha, em 20 de janeiro de 1983.

    Kurt Hamrin fez carreira principalmente na Itália. Depois de se destacar pelo AIK, onde estreou no time principal com apenas 16 anos, ele foi contratado pela Juventus, da Itália, na temporada 1956/1957, quando tinha 21 anos.

    Ele não conseguiu brilhar na Velha Senhora e disputou a Copa de 1958 como jogador do Padova. O bom desempenho na temporada 1957/1958 e no Mundial rendeu uma transferência para a Fiorentina, onde brilhou intensamente e se transformou num dos maiores ídolos do clube. Foram oito temporadas em Florença e 150 gols em 289 jogos.

    Depois de oito temporadas, Kurt Hamrin teve mais uma transferência no País da Bota, dessa vez indo para outro gigante, o Milan. E lá conquistou o Campeonato Italiano, em 1967, e a Liga dos Campeões da Europa, em 1968.

    O último time na Itália foi o Napoli, mas sem muito sucesso. Após parar de jogar, ele passou a trabalhar no Milan, como olheiro do clube, mas hoje não está mais ligado ao futebol.

    Brasil

    Jogador / Data de morte

    Gilmar / 25/8/2013
    Djalma Santos / 23/7/2013
    Bellini / 20/3/2014
    Orlando / 10/2/2010
    Nilton Santos / 27/11/2013
    Zito / 14/6/2015
    Didi / 12/5/2001
    Garrincha / 20/1/1983
    Vavá / 19/1/2002
    Pelé / 29/12/2022
    Zagallo / 5/1/2024

    Suécia

    Jogador / Data de morte

    Kalle Svensson / 15/7/2000
    Rune Börjesson / 22/2/1996
    Sven Axbom / 8/4/2006
    Bengt Julle / 16/2/2017
    Orvar Bergmark / 10/5/2004
    Sigge Parling / 17/9/2016
    Nils Liedholm / 5/11/2007
    Gunnar Gren / 10/11/1991
    Agne Simonsson / 22/9/2020
    Lennart Skoglund / 8/7/1975
    Kurt Hamrin / VIVO

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original