Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Quantas medalhas o judô brasileiro conquistou em Olimpíadas?

    Primeira medalha do Brasil na modalidade foi conquistada em 1972

    Sarah Menezes conquistou ouro na Olimpíada de Londres, em 2012
    Sarah Menezes conquistou ouro na Olimpíada de Londres, em 2012 Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images

    Leonardo Parrelada Itatiaia

    O judô é o esporte que mais rendeu medalhas para o Brasil. Os atletas trouxeram 24 medalhas (quatro de ouro, três de prata e 17 de bronze). O país é o décimo que mais subiu ao pódio na história da modalidade na Olimpíada.

    A primeira medalha foi conquistada nos Jogos Olímpicos de 1972. Chiaki Ishii, judoca japonês naturalizado brasileiro, conquistou o bronze na disputa em Munique.

     

     

    O primeiro ouro foi conquistado por Aurélio Miguel, em Seul, 1988. O brasileiro venceu Marc Meiling (Alemanha Ocidental) na disputa pelo lugar mais alto do pódio.

    A primeira mulher a conquistar uma medalha em Olimpíadas foi Ketleyn Quadros, em Pequim 2008. A brasileira subiu ao pódio na categoria leve.

    O primeiro ouro feminino aconteceu com Sarah Menezes. A judoca ficou em primeiro lugar na edição de 2012, em Londres, na Inglaterra. Sarah venceu Alina Dumitru, da Romênia, campeã olímpica na edição anterior.

    Todos os judocas medalhistas

    • Ouro: Aurélio Miguel (Seul 1988), Rogério Sampaio (Barcelona 1992), Sarah Menezes (Londres 2012), Rafaela Silva (Rio 2016);
    • Prata: Douglas Vieira (Los Angeles 1984), Tiago Camilo (Sydney 2000), Carlos Honorato (Sydney 2000);
    • Bronze: Chiaki Ishii (Munique 1972), Luís Onmura (Los Angeles 1984), Walter Carmona (Los Angeles 1984), Henrique Guimarães (Atlanta 1996), Aurélio Miguel (Atlanta 1996), Leandro Guilheiro (Atenas 2004), Flávio Canto (Atenas 2004), Leandro Guilheiro (Pequim 2008), Ketleyn Quadros (Pequim 2008), Tiago Camilo (Pequim 2008), Felipe Kitadai (Londres 2012), Mayra Aguiar (Londres 2012), Rafael Silva (Londres 2012), Mayra Aguiar (Rio 2016), Rafael Silva (Rio 2016), Daniel Cargnin (Tóquio 2020) e Mayra Aguiar (Tóquio 2020);

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original