Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Rodrygo faz dois, Real vence o Osasuna e é campeão da Copa do Rei; veja os gols

    Equipe de Madrid venceu campeonato pela 20ª vez na história com participação direta de jogadores brasileiros

    Rodrygo, do Real Madrid, posa com o troféu da Copa do Rei da Espanha
    Rodrygo, do Real Madrid, posa com o troféu da Copa do Rei da Espanha Fran Santiago/Getty Images

    da Itatiaia

    O Real Madrid é campeão da Copa do Rei da Espanha pela 20ª vez na história. Neste sábado (6), os merengues venceram o Osasuna por 2 a 1 no estádio de La Cartuja, em Sevilha, com destaque para o brasileiro Rodrygo, autor dos dois gols da vitória. Vinicius Jr participou de ambas as jogadas.

    Dominante na Europa, o Real Madrid está longe de ser o maior vencedor da Copa do Rei. O título encerra uma seca que durava nove anos – o último foi na temporada 2013/2014. O Barcelona é quem tem mais taças, com 31, seguido pelo Athletic Bilbao, que ganhou 23. Mas o time do Pais Basco não é campeão desde 1984.

    Para chegar à grande decisão em Sevilha, o Real Madrid teve que se superar nas semifinais. O sorteio colocou o Barcelona em sua caminho e o jogo de ida foi desastroso com a vitória do rival por 1 a 0, em pleno estádio Santiago Bernabéu, em Madri. A volta, quase um mês depois, foi a redenção para os merengues, que se impuseram em campo no Camp Nou e aplicaram um goleada por 4 a 0.

    Neste sábado, quem brilhou foram os dois brasileiros do ataque do Real Madrid. E com apenas dois minutos de jogo, Vinicius Junior e Rodrygo mostraram todo seu talento. Em jogada individual, pela ponta esquerda, o atacante ex-Flamengo deixou os marcadores para trás, fazendo fila pelo lado esquerdo. Após entrar na área, cruzou rasteiro para trás e encontrou Rodrygo, após um desvio na zaga, que pegou em cheio e estufou a rede.

    Em um jogo disputado, o Osasuna não se intimidou com o Real Madrid e foi para o ataque, impulsionado por cerca de 30 mil torcedores que ocuparam metade dos assentos disponíveis do estádio em Sevilha. O time de Pamplona deu muito trabalho para o goleiro belga Courtois, que nada pôde fazer aos 12 minutos do segundo tempo em um chute rasteiro de fora da área de Lucas Torró.

    Para azar do Osasuna, Vinicius Junior e Rodrygo ainda estavam ligados na decisão e não deixaram passar mais uma grande jogada. Aos 24 minutos, o ex-Flamengo repetiu o que fez no primeiro gol e na ponta esquerda rolou a bola para o meio da área. A zaga tirou e ela sobrou para Toni Kroos, que chutou rasteiro da entrada da área. A bola desviou novamente para o lado direito da área e encontrou Rodrygo livre, que tocou para a rede e correu para a comemoração.

    *Com agências