Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Presidente do Corinthians, Augusto Melo já foi contrário a intermediários; relembre

    Augusto foi o convidado do programa Domingol com Benja, na CNN Brasil, no dia 14 de janeiro

    Augusto Melo foi o convidado do programa Domingol com Benja no dia 14/01
    Augusto Melo foi o convidado do programa Domingol com Benja no dia 14/01 Reprodução/YouTube

    Edison Filhoda CNN

    A casa de apostas VaideBet rescindiu o contrato de patrocínio com o Corinthians nesta sexta-feira (7). A empresa era patrocinadora máster do clube desde o início do ano.

    A VaideBet já havia enviado uma notificação extrajudicial sobre o suposto caso de “laranja” no acordo do clube com a organização. No documento, a empresa diz que as acusações violavam uma cláusula anticorrupção presente no contrato.

    O Corinthians enviou uma nota respondendo às alegações do suposto “laranja” no acordo. O clube reiterou que todas as negociações de patrocínios se deram de forma legal com empresas regularmente constituídas. No entanto, o Alvinegro se isentou de responsabilidade sobre eventuais repasses de valores a terceiros.

    Sobre a atuação de intermediários em contratos do clube, no dia 14 de janeiro deste ano, durante o programa Domingol com Benja, na CNN Brasil, Augusto Melo se mostrou contrário à prática de comissionamento em negociações.

    “Não tem essa de intermediário. Claro que você tem que falar com empresário, mas fora o empresário, tem mais um, dois intermediários, que é onde você deixa muito dinheiro, muita porcentagem por aí. Eliminamos vários intermediários e até alguns empresários. Nos deu uma economia em termos de comissão. Se pagava para vender, se pagava para comprar, se pagava para intermediário, eram muitos gastos desnecessários. Hoje estamos trazendo essa economia para o clube, que é o nosso foco”, disse o presidente corintiano, que, ainda, comemorou o acerto com a então nova patrocinadora, VaideBet.

    “Não vamos fazer nada de errado. O torcedor do Corinthians pode ter esperança. O Corinthians vai mudar de patamar. Só peço um pouco de paciência. O Corinthians vai voltar a ser protagonista. Nós não vamos errar. Vem muita coisa boa por aí”, afirmou Augusto.

    Entenda a polêmica

    O assunto veio à tona após publicação do colunista Juca Kfouri, do portal Uol. A reportagem afirma que a empresa Rede Social Media Design LTDA, que intermediou o acordo entre a VaideBet e o Corinthians, repassou parte do valor da comissão (pago pelo clube) para outra organização.

    A outra organização seria a Neoway Soluções Integradas em Serviços LTDA, empresa que tem como sócia Edna Oliveira dos Santos, mulher que mora em Peruíbe, no litoral de São Paulo, e afirmou, em entrevista ao Uol, desconhecer o caso.

    Nota oficial

    A VaideBet informa que exerceu nesta sexta-feira (7) a rescisão do contrato de patrocínio com o Sport Club Corinthians Paulista. Desde o início de abril a marca acompanha e solicita esclarecimentos sobre as suspeitas levantadas, tendo já realizado reuniões, comunicações formais e notificação extrajudicial. Diante das explicações apresentadas sem nenhuma resolutividade, a VaideBet lamentavelmente se vê obrigada a tomar tal atitude.

    A marca avalia que não se pode manter a parceria enquanto pairar sobre o acordo qualquer suspeita em relação a condutas que fujam à conformidade com a ética e os preceitos legais. Só a dúvida, no crivo ético da marca, já é suficiente para determinar a rescisão – que foi exercida pela VaideBet suscitando cláusulas do contrato que protegem direitos da marca nessa decisão.

    A VaideBet lamenta pelo fim de uma parceria que deveria ter durado no mínimo três anos e agradece, pelo carinho e pelo respeito, à imensa e apaixonada torcida do Corinthians, que diariamente sustenta a história e os valores da instituição.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas