Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Presidentes regionais da Federação Espanhola pedem demissão imediata de Rubiales

    Comunicado cita que "comportamento inaceitável prejudicou gravemente a imagem do futebol espanhol"

    Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola
    Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola Royal Spanish Football Federation / Handout/Anadolu Agency via Getty Images

    Luccas Oliveirada CNN

    Novo capítulo na extensa crise do futebol espanhol: a Comissão de Presidentes das Federações Regionais e Territoriais da Real Federação Espanhola pediu oficialmente a demissão de Luis Rubiales.

    O comunicado foi publicado no próprio site da Federação, que tem Rubiales como presidente, e cita “os últimos acontecimentos e o comportamento inaceitável que prejudicaram gravemente a imagem do futebol espanhol”.

    Rubiales enfrenta forte pressão desde o título inédito da Espanha na Copa do Mundo Feminina. Durante a entrega das medalhas, o presidente beijou a boca da jogadora Jenni Hermoso, que afirmou não ter consentido com o ato.

    Rubiales está suspenso pela Fifa

    Havia uma expectativa de que o dirigente renunciasse ao cargo. Na prática, ele afirmou ser vítima de um linchamento público e que o beijo na meio-campista, durante a cerimônia de premiação do Mundial, foi consentido.

    “O falso feminismo é um grande flagelo deste país. Isso é um assassinato social”, disse o presidente da federação. “Vocês acreditam que é preciso fazer essa caça às bruxas? Eu não vou renunciar, não vou renunciar.”

    Diante dos desdobramentos da situação, o Comitê Disciplinar da Fifa anunciou na manhã de sábado a suspensão por 90 dias de Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF).

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas