Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Punição ao Cruzeiro após briga em Curitiba? Advogado explica o que pode acontecer

    Para Gustavo Lopes, time mineiro deve ser obrigado a jogar com portões fechados

    Hugo Lobãoda Itatiaia

    As cenas de violência protagonizadas por torcedores de Coritiba e Cruzeiro durante partida disputada neste sábado (11), no Durival de Britto, devem render punições importantes aos dois clubes envolvidos.

    De acordo com Gustavo Lopes, especialista em direito desportivo, é pouco provável que a perda de pontos seja a condenação dada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

    Ainda segundo o advogado, apesar de existir uma possível interpretação do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) que renderia a perda de pontos, não há nenhum precedente em casos como o deste sábado. A falta de jurisprudência torna improvável essa punição.

    Não há precedente para isso. Haveria um espaço para uma interpretação do CBJD que poderia render a perda de pontos. No entanto, não há nenhum caso do tipo e acho muito pouco provável que algum dos times perca ponto pelo episódio. Ainda mais com a grande influência esportiva que teria na reta final do Campeonato Brasileiro

    Gustavo Lopes, especialista em direito desportivo

    Portões fechados?

    Ainda segundo Gustavo Lopes, a punição do Cruzeiro deve ser a obrigação de atuar com portões fechados nas próximas partidas pelo Campeonato Brasileiro. Como o clube mineiro não era mandante do jogo, não deve haver a proibição de mandar jogos no Mineirão ou outros estádios de Belo Horizonte.

    Do outro lado, o Coritiba deve receber gancho pesado justamente por não ter fornecido as condições necessárias de segurança para a realização da partida no Durival de Britto, na capital paranaense.

    “Como é mandante, o Coritiba é responsável pela segurança do estádio. Como mandante, era obrigação dele. É difícil o Coritiba fugir da punição de mando de campo”, completou.

    Cruzeiro tem três jogos como mandante

    O Cruzeiro tem mais três jogos como mandante nesta edição da Série A. O time celeste ainda joga em casa contra Vasco, Athletico-PR e Palmeiras. A presença do público nesses duelos importantes na luta contra o rebaixamento dependerá da punição do STJD.

    Ainda pela briga em Curitiba, é possível que o clube celeste receba a punição de não poder contar com torcedores como visitantes em outros estádios do Brasil.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original