Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Ruim para os dois? Corinthians e Atlético-MG empatam na Neo Química Arena

    Timão abriu o placar na primeira etapa, mas Galo foi buscar o ponto fora de casa

    Paulinho, do Atlético-MG, assumiu a artilharia do Brasileirão
    Paulinho, do Atlético-MG, assumiu a artilharia do Brasileirão Pedro Souza / Atlético

    Luccas Oliveirada CNNHenrique André, Luis Fabianida Itatiaia

    Corinthians e Atlético-MG ficaram no empate por 1 a 1, nesta quinta-feira (9), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado não foi comemorado por nenhuma das torcidas.

    Os gols na Neo Química Arena foram marcados por Romero, para o Corinthians, e Paulinho, para o Galo, um em cada tempo. O atacante atleticano passou Tiquinho Soares e assumiu a artilharia do Brasileirão, com 17 gols.

    Com o ponto, o Corinthians é ultrapassado pelo Santos, cai para 14º lugar e e segue próximo da zona de rebaixamento — a distância para o Cruzeiro, que abre o Z4, é de quatro pontos, mas o Timão tem dois jogos a mais.

    Já o Galo não consegue colar de vez no G4, que dá vaga direta na Libertadores de 2024. O Atlético está na 6ª posição, com 54 pontos, a dois do Grêmio, que abre o G4.

    Mudanças no Galo

    Scolari, aniversariante da noite, optou por um Galo diferente na Neo Química. Sem Hulk, suspenso, e preservando Rubens, que levou oito pontos na cabeça após choque com Rodriguinho, do América-MG, o treinador acionou peças diferentes para o confronto.

    Igor Gomes e Pedrinho iniciaram entre os onze. Com isso, Paulinho foi o único atacante de ofício nos primeiros 45 minutos.

    Timão elétrico

    Nos 20 primeiros minutos de jogo, só deu Corinthians. Precisando vencer para se distanciar do Z4 do Brasileirão, os donos da casa pressionaram em busca do primeiro gol. Desorganizado, o Galo assistiu o adversário jogar e tomou, pelo menos, três grandes sustos.

    Gol do Corinthians

    “Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. A velha máxima serviu perfeitamente. Aos 22, após cobrança de falta levantada na área, o paraguaio Ángel Romero, de cabeça, balançou a rede e abriu o marcador.

    Primeiros ataques do Galo

    A primeira chegada do Atlético-MG ao ataque aconteceu aos 31 minutos. O meia Igor Gomes, cruzou já dentro da área, mas Zaracho não alcançou a bola. O argentino foi travado pela defesa corintiana.

    Aos 37, veio o primeiro chute ao gol. Pedrinho, acionado como titular, cortou um defensor e chutou forte de fora da área, mas a bola passou por cima do travessão defendido por Cássio; totalmente sem perigo.

    Segundo tempo

    Aos 43 segundos da etapa final, Paulinho aproveitou cruzamento de Pedrinho e cabeceou a bola. Porém, Cássio não teve dificuldades para encaixá-la entre os braços.

    Primeiro chute ao gol

    Aos 8, veio o primeiro chute no gol dado pelo Galo em toda partida. O artilheiro Paulinho, de fora da área, bateu forte, mas nas mãos do goleiro corintiano.

    Mudança tripla

    Aos 20 minutos, Scolari fez três mexidas de uma só vez. O treinador sacou Jemerson, Saravia e Alan Franco, para as entradas de Igor Rabello, Edenilson e Alan Kardec.

    E deu certo. Aos 22 minutos, Paulinho deixou o dele, empatando a partida. Após cruzamento vindo da esquerda, Kardec escorou e o camisa 10 balançou a rede. Com o gol, ele se tornou o artilheiro isolado do Brasileirão, com 17 gols, e do Galo na temporada, com 28.

    Quase o Galo vira

    Aos 37, após pressionar bastante o Corinthians, o Atlético-MG quase desempatou a partida. Alan Kardec aproveitou cruzamento vindo do lado esquerdo e, de cabeça, levou bastante perigo. A bola passou raspando o travessão.

    Em cobrança de falta, Rubens quase fez mais um para o Galo. Com falha de Cássio, que embolou com a bola, a sorte apareceu para o time mandante. A pelota saiu pela linha de fundo, em escanteio.

    Fim de papo

    Sem mudanças no marcador, o placar ficou em 1 a 1 na Neo Química Arena.

    Corinthians 1 x 1 Atlético-MG

    Corinthians: Cássio; Bruno Méndez, Gil, Lucas Veríssimo e Fábio Santos; Gabriel Moscardo (Gustavo Mosquito), Maycon (Fausto Vera), Giuliano e Renato Augusto; Ángel Romero (Rojas) e Yuri Alberto. Técnico: Mano Menezes.

    Atlético-MG: Everson; Renzo Saravia (Edenilson), Jemerson (Igor Rabello), Mauricio Lemos e Guilherme Arana; Otávio, Alan Franco (Alan Kardec), Igor Gomes, Matías Zaracho e Pedrinho (Rubens); Paulinho. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

    Gols: Ángel Romero, aos 23’ do 1ºT (Corinthians); Paulinho, aos 22′ do 2ºT (Atlético-MG).

    Cartões amarelos: Fábio Santos (Corinthians); Everson, Jemerson, Pedrinho, Rabello (Atlético-MG).

    Motivo: 33ª rodada do Campeonato Brasileiro

    Data e horário: 9 de novembro de 2023 (quinta-feira), às 19h

    Local: Neo Química Arena, em São Paulo

    Árbitro: Braulio da Silva Machado

    Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Rafael da Silva Alves.

    VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga.

    Público pagante: 30.115 | Público total: 30.348

    Renda: R$ 1.742.443,00


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original