Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Santos vence Goiás em “duelo de desesperados” e respira no Brasileirão

    Equipe alvinegra subiu uma posição, da 14ª para a 13ª, com quatro pontos a mais que o Cruzeiro, primeiro do Z4

    Santos conseguiu importante vitória fora de casa
    Santos conseguiu importante vitória fora de casa Raul Baretta/ Santos FC

    Matheus Muratorida Itatiaia

    O Santos venceu o Goiás na noite desta quinta-feira (9) em um verdadeiro “duelo de desesperados” no Campeonato Brasileiro. Fora de casa, no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia, o Alvinegro Praiano bateu o Esmeraldino por 1 a 0, pela 33ª rodada, e respirou na Série A.

    Com o resultado, o Santos se distanciou ainda mais da zona de rebaixamento para a Série B de 2024. Os santistas subiram da 14ª para a 13ª posição, agora com 41 pontos

    A equipe do técnico Marcelo Fernandes agora tem quatro pontos a mais que o Cruzeiro, primeiro time do Z4. Já o Goiás é o 18º e antepenúltimo do Brasileirão, com 36.

    O gol da vitória foi no fim do jogo. Aos 41 minutos do segundo tempo, o atacante argentino Julio Furch aproveitou bola “espirrada” na área do Goiás e bateu na entrada da pequena área.

    Goiás e Santos voltarão a campo às 18h30 de domingo (12), pela 34ª rodada do Brasileiro. O Esmeraldino duelará com o Atlético-MG, na Arena MRV, em Belo Horizonte, enquanto o Peixe vai enfrentar o São Paulo, em clássico “San-São” na Vila Belmiro, na cidade do litoral paulista.

    Goiás 0 x 1 Santos

    Goiás: Tadeu; Maguinho, Lucas Halter, Bruno Melo e Hugo (João Magno); Morelli, Raphael Guzzo (Alesson) e Guilherme (Dieguinho); Allano (Vinícius), Matheus Babi e Anderson (Palacios). Técnico: Armando Evangelista.

    Santos: João Paulo; Lucas Braga, Joaquim, Messias e Kevyson (Gabriel Inocêncio); Tomás Rincón, Rodrigo Fernández, Jean Lucas (Furch) e Nonato (Lucas Lima); Maxi Silvera (Mendoza) e Marcos Leonardo (Jair Cunha). Técnico: Marcelo Fernandes.

    Gol: Furch, aos 41 minutos do segundo tempo.

    Cartões amarelos: Guilherme e Matheus Babi (Goiás).

    Árbitro: Paulo César Zanovelli (MG).

    Renda: R$ 259.140,00.

    Público: 11.836 presentes.

    Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia-GO.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas