Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    “São Januário vai ser crucial no segundo turno do Brasileiro”, diz Carlos Germano à CNN

    Goleiro e ídolo vascaíno concedeu entrevista exclusiva ao CNN Esportes

    Da CNN

    Ídolo do Vasco e com grandes glórias conquistadas em São Januário, o ex-goleiro vascaíno Carlos Germano concedeu uma entrevista exclusiva ao CNN Esportes, na qual falou sobre o momento do clube e o reencontro da equipe com o seu torcedor na Colina Histórica depois de três meses.

    Nesta quinta-feira (21), o time do técnico Ramón Díaz recebe o Coritiba, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, no retorno dos vascaínos às arquibancadas de sua casa.

    “São Januário é a nossa casa. Onde a gente consegue marcar com pressão, não somente pelo que o Ramon Díaz vai pedir, mas também em relação ao torcedor o tempo todo cantando em cima do time adversário. Qualquer adversário que vai jogar em São Januário sabe que é difícil. Até a chegada [ao estádio] é muito difícil”, diz Carlos Germano à CNN.

    Você vai ver um Vasco crescendo, querendo sair de uma situação delicada. Com certeza a pressão vai ser muito grande. São Januário vai ser crucial pro Vasco neste segundo turno

    Carlos Germano, ex-goleiro do Vasco

    A equipe carioca ocupa a 18ª colocação do Campeonato Brasileiro e está a cinco pontos do Bahia, o primeiro fora da zona de rebaixamento — mas com dois jogos a menos que o Tricolor baiano.

    Para o ídolo Carlos Germano, os reforços que o Vasco contratou para o segundo turno são capazes de tirar o time da situação delicada em que se encontra.

    “O Vasco estava precisando de jogadores mais experientes, mais rodados, com condição de vestir a camisa e, numa situação difícil, poder puxar a responsabilidade. É um Vasco diferente, com jogadores extremamente qualificados. E a tendência é o time crescer, o que vem acontecendo no segundo turno. A gente espera que o Vasco possa manter essa batida até o final do segundo turno para que chegue bem no fim do Brasileiro”, afirmou.

    (Publicado por Bruno Rodrigues)

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas