Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    São Paulo sofre gols cedo e atinge marca negativa

    Tricolor sofre gols antes dos 15 minutos há três partidas seguidas

    Rafinha marcou contra na derrota do São Paulo para o Cruzeiro
    Rafinha marcou contra na derrota do São Paulo para o Cruzeiro Rubens Chiri/saopaulofc.net

    Mateus Pinheiroda Itatiaia

    O São Paulo sofreu gols antes dos 15 minutos em três partidas consecutivas pela primeira vez nos últimos dez anos de Campeonato Brasileiro. A marca negativa da equipe de Dorival Júnior veio com os gols de Rafinha (contra), Vitor Roque e Gabriel Menino nas últimas três partidas do Tricolor.

    Dorival Júnior tenta “consertar” falhas da equipe no começo das partidas. Contra o Athletico-PR, no Morumbi, o time conseguiu a virada e os três pontos, mas tanto contra Palmeiras, como contra o Cruzeiro, no último sábado (24), o Tricolor foi derrotado após os gols no início da partida.

    O estudo, compartilhado pela página SPFC Estatísticas, e confirmado pela reportagem da Itatiaia, leva em conta os dados oferecidos pela plataforma Opta, de análise de desempenho, nos últimos dez anos. Desde 2013 o Tricolor havia sido punido nos primeiros 15 minutos desta forma consecutiva.

    Após começo invicto e regular, com defesa bem postada e o goleiro Rafael sofrendo poucos gols na meta do São Paulo, o Tricolor foi derrotado para o Sport – se classificou na Copa do Brasil – e ligou alerta nos torcedores com quatro derrotas nas últimas seis partidas.

    O desempenho de Dorival Júnior nos primeiros 17 jogos é igual aos 17 que teve Rogério Ceni em 2023: nove vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

    Gols sofridos pelo São Paulo nos últimos três jogos

    Rafinha (contra) – Cruzeiro: 2min53s

    Vitor Roque – Athletico-PR: 10min08s

    Gabriel Menino – Palmeiras: 10min05s

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original