Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Suárez revela por que deixará o Grêmio no fim do ano: “Não vou conseguir render”

    Atacante uruguaio concedeu entrevista coletiva neste sábado (29), em Porto Alegre, ao lado do diretor de futebol do clube

    Suárez comemora gol marcado contra o América-MG
    Suárez comemora gol marcado contra o América-MG Lucas Uebel/Grêmio

    Maria Fernanda Ramosda Itatiaia

    Após rumores sobre uma possível saída de Luis Suárez e, posteriormente, a confirmação de sua permanência até o fim do ano no Grêmio, o atacante e o diretor de futebol do clube, Antônio Brum, concederam entrevista coletiva neste sábado (29). Diante dos jornalistas, o uruguaio contou o motivo pelo qual não defenderá o Tricolor em 2024 — seu contrato era válido até o fim do ano que vem.

    Suárez contou que, devido à lesão crônica que tem no joelho direito e com o calendário do futebol brasileiro, percebeu que não conseguirá render tanto quanto esperava.

    “Me sentia com força física para ficar dois anos, que foi o que disse para o clube. Porém, tive de ser sincero e honesto em dizer que no próximo ano não vou conseguir render, pela carga do futebol brasileiro. […] Foi uma decisão conversada com o clube”, disse o atacante.

    Sobre uma possível parada na carreira, Suárez afirmou que não sabe se continuará no futebol ao sair do Grêmio.

    Segundo o atacante, o clube teria proposto que ele parasse por um mês para realizar o tratamento no joelho, o que foi descartado pelo atleta.

    Suárez no Inter Miami?

    Quando surgiram os rumores de sua saída do Grêmio, Suárez foi cotado no Inter Miami, atual clube de seu grande amigo Lionel Messi, com quem atuou no Barcelona.

    O atacante, no entanto, afirmou que não houve conversas entre ele e o clube dos Estados Unidos, mas que o Grêmio foi sondado sobre uma possível saída, e apresentou as condições de negociação.

    Silêncio sobre saída

    Questionado sobre o motivo de ter ficado em silêncio durante todas as especulações, Suárez explicou que não pode responder sempre que seu nome estiver vinculado a uma notícia.

    “Não posso desmentir informações todos os dias. Falem, façam o seu trabalho de informar. Às vezes estão certos, às vezes não. Mas não posso desmentir informações todos os dias. […] Mas aqui estou, dando a cara [a tapa], sem nenhum problema”, disse.


    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original